quarta-feira, 23 de março de 2016

Com salários atrasados, jogadores começam a deixar o Cordino

Com salários atrasados e sem ter um posicionamento definitivo por parte da diretoria, alguns jogadores do Cordino Esporte Clube decidiram deixar a equipe. Os atletas se reapresentaram no início desta semana após boa vitória por 4 a 1, sobre o Araioses no último domingo (20), na abertura do segundo turno do estadual maranhense.  

O lateral-esquerdo Renan, um dos destaques do time no campeonato maranhense e o zagueiro Carlos deixaram o clube por conta da situação salarial. Outros jogadores também ameaçam sair caso não se resolva a situação. Renan deve acertar com o Interporto-TO.

A diretoria garante que nesta quarta-feira (23), irá efetuar o pagamento dos jogadores. Possivelmente no período da tarde, os profissionais terão seus vencimentos em dia.

Contraste

Enquanto o time faz sua parte em campo, a diretoria peca pelo amadorismo. O Cordino foi o único semifinalista do interior no primeiro turno, começou bem a segunda fase, onde lidera o Grupo B, mas parece que isso não é o bastante aos olhos da diretoria. 

No primeiro turno o Cordino fez bela campanha na fase classificatória, mas perdeu três pontos por incompetência da diretoria, o que é lamentável. 

Já está mais que na hora dos responsáveis tratarem a agremiação com mais dignidade e evitar que situações disse tipo ocorra novamente. 

A Onça tem compromisso no fim de semana contra o Sampaio Corrêa em São Luís. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário