.

.

sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Deputado do PI denuncia que é agredido por ex-mulher e juiz concede medida protetiva; ela está grávida de outro homem, mas continua morando com o parlamentar

Baseado no inquérito que apurou as denúncias, nessa quarta-feira (28), o juiz Valdemir Ferreira Santos, da Central de Inquéritos de Teresina, expediu medidas protetivas contra a denunciada.
O deputado estadual Dr. Pessoa, 71 anos, denunciou à Delegacia de Segurança e Proteção ao Idoso que está sendo vítima de violência física e psicológica supostamente praticada pela sua ex-companheira.  Baseado no inquérito que apurou as denúncias, nessa quarta-feira (28), o juiz Valdemir Ferreira Santos, da Central de Inquéritos de Teresina, expediu medidas protetivas contra a denunciada.

Constam nos autos do inquérito que Dr. Pessoa foi “ameaçado, humilhado e menosprezado pela sua ex-companheira”. O deputado alega que o convívio com a ex se tornou “insuportável e perigoso” para sua integridade física e psicológica.

No inquérito Dr. Pessoa relatou, ainda, que a ex -companheira, que estaria grávida de outra pessoa, faz piadas e ataca sua honra. As supostas ações da mulher teriam abalado o estado psicológico do deputado. Ele relata, ainda, que já foi agredido fisicamente.

A Justiça aceitou o inquérito e determinou que a ex-companheira do deputado não tenha acesso à casa onde ele mora. O juiz também proibiu que a mulher se aproxime do médico, pelo limite mínimo 500 metros e vetou que ela mantenha contato com Dr Pessoa, bem como com seus familiares, por qualquer meio de comunicação;

O juiz ressalta que o descumprimento das medidas protetivas pode resultar em  prisão preventiva.  
 
Ex-mulher reage, diz que foi usada e vai acioná-lo judicialmente


Maria Auricélia de Sousa, 38 anos, se diz indignada e surpresa. Na manhã desta quinta-feira (29) foi informada que está proibida - judicialmente -  de manter contato com o deputado estadual, Dr. Pessoa (Solidariedade), seu ex-companheiro. 

Ela contou ao Cidadeverde.com que tem uma relação amorosa com Dr. Pessoa há 10 anos. Cerca de dois anos não tem qualquer relacionamento sexual, mesmo dividindo a mesma residência, no bairro Lourival Parente, zona Sul de Teresina.

 Maria Auricélia, que é odontóloga, confirmou ainda que está grávida de sete meses e assim que tomou conhecimento da gestação contou para Dr. Pessoa.

"Ele aceitou sem problema. Pediu para não revelar durante a campanha, pois estava com a cabeça voltada para eleição. Não tivemos nenhum problema de desentendimento", ressaltou a adontóloga.

Segundo Maria Auricélia o deputado lhe usou e irá aciona-lo judicialmente. Ela relata ainda que seus familiares são do Ceará e não tem para onde ir.

"Pra onde eu vou? eu dependo dele, sempre com o consentimento dele eu vive aqui (na casa de Dr. Pessoa). Não existia casamento entre a gente. Ele está querendo de fazer de pior vítima. Não houve traição, porque não sou esposa dele. Ele tinha os relacionamentos dele e a gente vivia em pleno acordo".

Ela disse que se sente governanta da casa do deputado e sempre foi para ele uma "cuidadora".

"Chegamos a um acordo que cada um iria viver sua vida, chegou ao ponto que não dava mais e convivíamos no mesmo ambiente e dormia no mesmo quarto. Quando eu engravidei falei para ele. Estava no período da campanha, ele disse pra mim não falar nada porque era momento de campanha. Jamais agredi ele... Na verdade eu vivia como cuidadora e isso foi uma surpresa. Isso é calúnia e fui usada. Não quero nada dele, só os direitos que eu tenho".
 
Com informações de cidadeverde.com

Governador Flávio Dino cala oposição ao anunciar data do pagamento da 2ª parcela do 13º salário

 

Jorge Vieira – O governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB), deu um “cala boca” na oposição ao usar as redes sociais, nesta quinta-feira (29), para anunciar que a segunda parcela do décimo terceiro salário dos servidores do Estado será paga dia 12 de dezembro. O anúncio foi interpretado nos bastidores da política como um “tapa de luva” na oposição que vinha tocando o terror e espalhando que o governo estaria quebrado e sem condições de pagar o benefício.
 
Desde que o governador renovou o mandato com cerce de 60% dos votos dos maranhense, parlamentares remanescentes da velha oligarquia que mandou no Maranhão por quase cinquenta anos passaram a alardear que o estado estaria quebrado, colocando em dúvida até o pagamento do décimo terceiro salário. Na sessão desta quinta-feira, porém, não deram um pio.

Amanhã é o último para pagamento da primeira parcela do décimo terceiro, prazo estipulado pela Lei 4.090, de 13/07/1962, promulgada em decreto no dia 3/11/1965, mas muitos Estados já anunciaram que não terão condições de arcar com o compromisso, o que só revela o cuidado do governo do Maranhão com as finanças públicas.

Conforme determina a Lei, o pagamento pode ser feito em duas parcelas, sendo que a primeira deve ser paga entre 1º de fevereiro e 30 de novembro, e a segunda até o dia 20 de dezembro.

Na postagem em sua página no Twitter, Dino informou que o pagamento da primeira parcela já havia sido feito desde junho deste ano, e também confirmou que o pagamento da segunda parcela está previsto para o dia 12 de dezembro, portanto até antes do fim do prazo.

quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Leocádio Cunha deixa comando do PCdoB de Barra do Corda

O Superintende de Articulação Política Regional de Barra do Corda, Leocádio Cunha, deixou nesta quinta-feira (29), a presidência do diretório municipal do PCdoB, durante reunião da Comissão Política do partido. 
 
Em seu lugar assume o vereador Paulim Bandeira que fica no cargo até o final de 2019.

Leocádio tem relevantes serviços prestados no que se refere ao desenvolvimento e crescimento do partido no município. Ele permanece como integrante do diretório municipal e membro da executiva estadual do PCdoB. 


Mensagem de Leocádio Cunha:

Caríssimos Companheiros,

Por quase dez anos estive à frente da presidência do PC do B (Partido Comunista do Brasil), no Município de Barra do Corda. Nesse período, fomos incansáveis  na luta por uma sociedade mais justa, fraterna e democrática, com destaque na participação  da construção do projeto de libertação do Maranhão, nas três eleições do governador Flavio Dino, 2010, 2014 e 2018, bem como, na luta pela ampliação das bases do partido em Barra do Corda, com a eleição do Prefeito Municipal, em 2016, e de representantes do PC do B à Câmara de Vereadores  do nosso município. Hoje, 29 de novembro de 2018, após uma reunião com o Diretório Municipal, deixo a presidência do partido, porém, permaneço no Diretório Estadual e Municipal do PCdoB. Nessa oportunidade,  aproveito o espaço para agradecer a todos pelos momentos em que estivemos juntos, pelas discussões e debates e, com a bênção de Deus, ainda nos encontraremos em outros momentos e, que, não nos falte disposição para continuarmos firmes na  defesa do nosso povo, combatendo injustiças e empenhados  na melhoria da prestação dos serviços básicos, como: saúde e educação. Ficam aqui registrados, os meus mais sinceros votos de profunda gratidão e admiração a todos.

Meu muito obrigado!

Leocádio da Cunha Batista

Governador do Rio, Luiz Fernando Pezão é preso pela PF

Agentes da Polícia Federal cumpriram mandado contra o político nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira no Palácio Laranjeiras


O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (MDB), foi preso pela Polícia Federal nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (29).

A ordem que desencadeou a operação Boca de Lobo partiu do ministro Felix Fischer, do STJ (Superior Tribunal de Justiça) e envolve um processo da Lava Jato que tramita na Corte.

Pezão foi preso no Palácio Laranjeiras, residência oficial do governador. Agentes da Polícia Federal também cumpriram mandados de busca e apreensão no Palácio Guanabara, sede do Executivo estadual.

A prisão foi determinada com base na delação premiada de Carlos Miranda, operador financeiro do ex-governador Sergio Cabral, antecessor de Pezão.

De acordo com as investigações, o governador recebia mesada de R$ 150 mil quando era vice de Cabral, entre 2007 e 2014. O delator ainda detalhou o pagamento de 13º de propina e de bônus ao político. A PGR (Procuradoria-Geral da República) alega que Pezão recebeu mais de R$ 25 milhões, em espécie, entre 2007 e 2015 em propina.
Publicidade
Fechar anúncio

Pezão deixou o Palácio Laranjeiras por volta das 7h30 em carros da Polícia Federal e será levado para a sede da corporação na região portuária da capital fluminense. Antes, porém, deverá passar por exames de corpo de delito.

O STJ também determinou a prisão de outras oito pessoas. São elas: o secretário estadual de Obras, José Iran Peixoto Júnior; o secretário de governo, Affonso Monnerat; Marcelo Santos Amorim, sobrinho do governador; do servidor Luiz Carlos Vidal Barroso; e dos empresários Cláudio Fernandes Vidal, Luiz Alberto Gomes Gonçalves, Luis Fernando Craveiro de Amorim e César Augusto Craveiro de Amorim.

Ao todo foram nove mandados de prisão e 30 de busca e apreensão, cumpridos no Rio de Janeiro (capital, Piraí, Barra do Piraí, Volta Redonda e Bom Jardim) e em Minas Gerais (Juiz de Fora).

O R7 ainda tenta contato com a defesa dos presos e com o governo do Rio de Janeiro.

Portal R7

“Operação Xeque-Mate” prende dono de postos, dois PMs e três motoristas envolvidos em roubo de cargas de combustíveis



Policiais da Superintendência de Investigações Criminais (SEIC) e da Delegacia de Roubos e Furtos de Imperatriz cumpriram, na manhã dessa quarta-feira (28),  mandados de prisões contra seis pessoas acusadas de fazerem parte de uma organização criminosa especializada em roubo de cargas de combustível.

Dois policiais militares do 14º Batalhão de Polícia Militar, um proprietário de dois postos de combustíveis e três motoristas foram presos. A operação que culminou com as prisões dos seis foi denominada de “Xeque-Mate”.

A quadrilha é integrada por Marcelo Henrique Tavares Morais, proprietário de dois postos de combustíveis, um na Av JK e outro na Av Jacob; os policiais militares Giórgio Gonçalves Barbosa e Raylson Soares Silva; e os motoristas Carlos Renato Santos LiraRonald dos Santos, vulgo “boca de lata”, que está foragido, Wilson dos Santos Oliveira e Paulo Rogério Donelli.
Os dois policiais estão presos no 3º Batalhão de Polícia Militar. Os motoristas e proprietário dos postos foram levados para a CCPJ.

De acordo com a Polícia Civil, o esquema foi descoberto após a prisão do motorista Wilson dos Santos Oliveira, ocorrido em 25 de abril de 2018. Ele estava com um caminhão de combustível roubado na BR 010, o roubo foi praticado no município de Governador Edison Lobão.

Na época, o motorista ficou amarrado no matagal enquanto a carga de combustível era descarregada nos postos em Imperatriz, para depois o caminhão ser abandonado. PorGilbertolima

PF constata o desvio de R$ 92 milhões por tio e sobrinho ex-prefeitos na região central do Maranhão

Carros de luxo foram apreendidos hoje de manhã, além de sequestro de 62 imóveis adquiridos com o dinheiro desviado da prefeitura de Jenipapo dos Vieiras na gestão do tio Jean e do sobrinho Gustavo. Outro parente, Carrim, foi preso por posse ilegal de armas. 

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira, dia 29 de novembro de 2018, a operação HYBRIS com a finalidade de reprimir crimes de responsabilidade, lavagem de dinheiro e organização criminosa praticados pelos ex-gestores da prefeitura de Jenipapo dos Vieiras no período de 2005 a 2013.
As investigações foram iniciadas no ano de 2012 e culminaram com a identificação de um esquema criminoso que se apropriou de recursos públicos por meio de fraude em licitações e sua posterior ocultação com a compra de vasta quantidade de imóveis no interior do Estado do Maranhão, distribuindo-os entre familiares do ex-prefeito do
município.

O grupo criminoso atuava desde 2005 dissimulando os desvios de verbas públicas destinadas aos fundos de participação municipal, saúde e educação por meio da contratação de empresas familiares que operacionalizavam as ações, que aconteciam principalmente com o saque em espécie de milhões de reais.

O prejuízo aos cofres públicos, segundo levantamentos preliminares, gira em torno de R$ 92 milhões de reais. Vale lembrar que o município de Jenipapo dos Vieiras apresentou-se como a terceira cidade com menor índice de desenvolvimento humano – IDHM do Maranhão no ano 2010. A Polícia Federal cumpriu 11 (onze) mandados judiciais de busca e apreensão nas cidades de São Luis, Jenipapo dos Vieiras e Cedral e, ainda, foi determinado o sequestro judicial de 62 imóveis que estão em nome dos investigados. A operação contou com a participação de 60 (sessenta) Policiais Federais desta Superintendência Regional do Maranhão.

O nome Hybris da operação vem de Aristóteles, que definia a humilhação de pessoas pelo mero descaso, independente de causa ou qualquer coisa que tenha acontecido ou que elas tenham feito. Hybris não é o acerto de contas por erros cometidos – isso é vingança. Hybris é o descaso que alguém tem pelos outros, ou pelos deuses, quando acha que pode fazer tudo que quiser.

Os envolvidos foram indiciados pelos crimes de responsabilidade, lavagem de dinheiro e associação criminosa, cujas penas máximas podem alcançar 22 anos de prisão.



Do Luís Cardoso

quarta-feira, 28 de novembro de 2018

Delegado Tiago Bardal tem nova prisão decretada; investigador e advogados são presos

Delegado Tiago Bardal
A Polícia Civil do Estado do Maranhão, através da Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (SECCOR), em trabalho conjunto com o Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) do Ministério Público Estadual, cumpriu, na manhã de hoje, 28 de novembro de 2018, mandados de prisão preventiva contra o delegado de policia civil Tiago Mattos Bardal, o investigador João Batista de Sousa Marques e os advogados Werther Ferraz Júnior e Ary Cortez Prado Júnior, tendo sido realizadas, também, buscas em suas residências. As ações ocorreram, simultaneamente, em São Luis e Imperatriz.
Essas ordens judiciais foram expedidas pela 1ª Vara Criminal de São Luís e decorrem de investigação conjunta iniciada no primeiro semestre deste ano, que aponta que os presos se associaram, de forma estável e permanente, em uma verdadeira organização criminosa, com o intento de extorquir grupos criminosos, vindo a receber parcela dos produtos dos assaltos a agências bancárias, e a proteger, mediante o pagamento de propina, criminosos que integravam o crime organizado.
A engenharia criminosa, a princípio, remonta aos anos de 2015 e 2016, quanto Tiago Bardal assumiu a chefia da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC).
Consta que o então superintendente e o investigador Batista, seu homem de confiança, passaram a cobrar propina de quadrilhas que atuavam no Maranhão, especialmente no roubo a banco, e que o faziam por intermédio dos advogados Werther e Ary Júnior, estes últimos, ligados ao crime organizado. As informações obtidas dão conta de que os policiais recebiam cerca de R$ 100 mil por assalto realizado, como uma espécie de “pedágio”, e que ainda assim cobravam para evitar as prisões de líderes.
Os policiais presos seguem para a Delegacia da Cidade Operária e os advogados para o sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça.
As investigações avançam, com a intenção de averiguar a participação de outros policiais no esquema criminoso. Do Minard

Polícia Civil prende homem por tráfico de drogas em Barra do Corda


A Polícia Civil de Barra do Corda, coordenada pelo Delegado Regional Renilto Ferreira e equipe de capturas, prendeu no final da tarde desta terça-feira (27), no bairro Incra, um dos maiores traficantes da droga maconha prensada de Barra do Corda.



Rosiclelton dos Santos Carvalho, v. “CLELTON”, de 25 anos, comandava uma das principais bocas de fumo desta cidade no tocante ao comércio ilícito de maconha prensada, sendo que, segundo as investigações e a própria confissão do acusado e de sua companheira o mesmo já atuava no tráfico desta drogas ilícita a cerca de dois anos e meio em Barra do Corda.

Com o mesmo foi apreendido um tablete da droga, balança de precisão, material para preparar e embalar a droga para venda e dinheiro em notas pequenas, oriundo da atividade do tráfico. 

Ainda foi apreendido no local um adolescente que estava comprando drogas de Cleiton. O mesmo esta sendo autuado pelos crimes de tráfico de drogas e corrupção de menores.

 

Destacamos a crucial importância nessa prisão da colaboração de pessoas de bem desta cidade que ajudaram com informações minuciosas, inclusive fotografias da própria atividade da venda ilícita de entorpecentes. Pessoas como essa fazem a diferença na sociedade.
 
Informações da 15ª Delegacia Regional de Barra do Corda 

RISCANDO O PALITO DE FÓSFORO!! Leo Primeiro aponta de onde virá o próximo prefeito de Barra do Corda

Durante seu discurso de despedida na sessão desta terça-feira (27), o vereador Leo Primeiro (PCdoB), destacou suas importantes proposições apresentadas e aprovadas pela casa legislativa. O desenvolvimento do turismo cordino,  foi uma importante bandeira defendida pelo parlamentar durante esses quase quatro meses de atuação.


Sem dúvida alguma, o que mais chamou a atenção durante a parte final do pronunciamento foi o momento em que Dr. Leo disse acreditar de onde vem o próximo prefeito de Barra do Corda. "Eu acredito nessa câmara, na força dessa união, e o futuro prefeito da Barra do Corda vai sair dessa câmara com o compromisso de melhoria da cidade ", afirmou.

Após o encerramento de suas palavras Leo Primeiro foi aplaudido e muitos olhavam em direção ao presidente da casa Gil Lopes, que aparece como um forte nome para a disputa do pleito que se avizinha. Já os pretensos pré-candidatos que não integram a câmara, certamente não gostaram nada do que ouviram.


Dr. Leo Primeiro estava exercendo o mandato em lugar de Paulim Bandeira (PCdoB) que encontrava-se afastado para tratamento de saúde.

terça-feira, 27 de novembro de 2018

Flávio Dino autoriza redução de até 100% nos juros e multas do IPVA atrasado



O governador Flávio Dino editou duas Medidas Provisórias, nesta segunda-feira (26), para a retomada do Programa de Parcelamento de Débitos Fiscais. A iniciativa permite redução de multas e juros, para pagamento à vista ou parcelado, aos contribuintes que possuem IPVA e ITCD atrasados.

“Estou editando agora duas medidas autorizando parcelamento de IPVA e ITCD atrasados, bem como descontos nas multas e juros respectivos. Visamos estimular a regularização dos cidadãos”, disse o governador por meio das redes sociais. O programa vai até o dia 28 de dezembro.

Pagamento à vista

Os proprietários de veículos automotores com débitos do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) referente a 2018 e anos anteriores terão desconto de 100% das multas e juros para pagamento à vista.
Para aderir ao programa, o contribuinte deverá, até o dia 28 de dezembro, acessar o site da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) para emitir o Documento de Arrecadação (DARE) ou ir à unidade de atendimento mais próxima. O site é o http://portal.sefaz.ma.gov.br/. A página também mostra as unidades de atendimento.

Pagamento parcelado

Os contribuintes também poderão fazer o parcelamento dos débitos com 60% de desconto. Os proprietários poderão parcelar a dívida em até 12 vezes, desde que a parcela mínima não seja inferior a R$ 30 para motocicletas e similares e de R$ 100 para os demais veículos automotores.

Depois do parcelamento ser feito, com o pagamento da primeira parcela, o sistema automaticamente exclui o Renavam da Dívida Ativa e Serasa. Ou seja, tira da lista de devedores.

Para realizar o parcelamento na internet, o contribuinte deverá acessar o Portal da Sefaz, no menu IPVA, e clicar na opção “Parcelamento de IPVA”.

ITCD

As medidas também estabelecem redução de 100% das multas e juros incidentes sobre o Imposto sobre a Transmissão “Causa Mortis” e Doação de Bens e Direitos (ITCD) não pago até 2018, para pagamento a vista; e 60% em casos de parcelamento, em até 12 vezes, sendo a parcela mínima no valor de R$ 200.

Para aproveitar os benefícios, o contribuinte deverá formalizar a adesão ao programa junto à Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), até o dia 28 de dezembro de 2018.

Quem optar pelo parcelamento e não fizer o pagamento de duas parcelas ou do saldo devedor após 60 dias do vencimento da última parcela será automaticamente excluído do benefício.

O secretário de Estado da Fazenda, Marcellus Ribeiro Alves, explica a retomada do programa: “Estamos oferecendo ao contribuinte a oportunidade de regularizar seus débitos com dois impostos significativos: IPVA e ITCD. O programa, que até então, não previa benefícios dessa natureza até 2022, é a oportunidade para o cidadão garantir o pagamento do valor sem os acréscimos de multas e juros”.

JohnCutrim

Polícia estima que R$ 100 milhões foram roubados após assalto a agência bancária em Bacabal


A Polícia Civil do Maranhão disse na manhã desta terça-feira (27) que a quadrilha que assaltou uma agência bancária na cidade de Bacabal no domingo (25), trocou tiros com policiais e incendiou viaturas pode ter conseguido roubar cerca de R$ 100 milhões do local. Ainda de acordo com a polícia, desse montante, R$ 3 milhões já foram recuperados.

Na ação, quatro pessoas morreram: três assaltantes e um morador da cidade. Outro morador também foi atingido por disparos e segue em recuperação. Duas pessoas foram flagradas pela Polícia Militar dentro da agência recolhendo as cédulas deixadas pelos bandidos e foram detidas.

A investigação aponta que o chefe da quadrilha responsável pelo assalto chama José Francisco Lumes, mais conhecido como “Zé de Lessa”. Ainda segundo a polícia, ele estava comandando pessoalmente a ação da quadrilha no município.

De acordo com a polícia, “Zé de Lessa” é bastante conhecido por crimes em todo o país, especialmente por roubos a banco. Natural do estado da Bahia, “Zé de Lessa” já fez assalto a instituições financeiras, foi preso algumas vezes e a última vez que saiu da prisão foi para terminar de cumprir a pena no regime domiciliar.

A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão informou que foram deslocadas várias equipes das Polícias Civil e Militar para o município e cidades vizinhas. A polícia informou ainda que está estudando a conexão dos envolvidos com quadrilhas de outros estados.

Informações do G1 MA

Flávio Dino condena ataques de ‘alguns desinformados’ contra a Segurança Pública



Por Flávio Dino

Alguns desinformados, ou movidos por ódio ideológico, estão atacando a Segurança Pública no Maranhão. Informo que tivemos, no nosso Governo, grande REDUÇÃO de assaltos a bancos e de crimes letais. São Luís era uma das 50 cidades mais violentas do mundo e SAIU dessa lista.

Ridículo transformarem um episódio, infelizmente ainda comum no nosso país, em narrativa do “ódio ao comunismo”. Coisa sem noção. Basta perguntar o óbvio: em qual estado brasileiro não há assaltos a banco?

Houve uma investida de uma quadrilha interestadual contra o Banco do Brasil. A Polícia enfrentou e está enfrentando, com bravura e adequadamente equipada. Tanto que houve prisões e 3 assaltantes morreram. Seguiremos investindo ao máximo possível, como temos feito.

Polícia recupera R$ 3 milhões após combater quadrilha interestadual que assaltou agência bancária em Bacabal


A polícia recuperou até agora cerca de R$ 3 milhões que estavam num prédio atacado em Bacabal por uma quadrilha de criminosos de outros Estados. O alvo dos bandidos foi um prédio do Banco do Brasil. A busca pelos fugitivos continua.

Durante a ofensiva dos criminosos, a Polícia Militar reagiu – com armamentos que incluíam fuzis – e conseguiu expulsar a quadrilha do município.

Três suspeitos morreram no confronto com os policiais. Duas pessoas estão presas sob suspeita de ligação com o roubo.
O secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela, diz que nenhuma das agências bancárias de Bacabal foi atingida por explosões. O alvo foi um setor do Banco do Brasil que faz coleta de dinheiro.

De acordo com Portela, a instituição ainda não disse qual o valor levado pela quadrilha.
Após a ofensiva dos criminosos, moradores entraram no prédio para tentar pegar as cédulas de dinheiro que ficaram no chão. “Recuperamos R$ 3 milhões de gente que não estava envolvida com a ação”, diz o secretário. Sete pessoas foram presas nessa condição. Outros R$ 200 mil foram encontrados nesta segunda-feira com mais moradores.

Cerco
Jefferson Portela
Portela frisou que diversos efetivos foram deslocados para Bacabal, incluindo forças especiais de São Luís: “Fizemos um imenso cerco, que teve por base as cidades de Itapecuru, Vargem Grande, Coroatá, Caxias e o entorno de Bacabal”.

“Avançamos muito hoje no que se refere aos dados de envolvidos com essas ações”, contou o secretário. Parte da quadrilha é da Bahia e do Tocantins.


“Vamos providenciar o alcance da lei penal para todos os envolvidos. Garanto que vamos prender todos os envolvidos, como fizemos em 100% dos casos. Somos o único Estado do Brasil a ter 100% de resolução de assaltos a bancos e 100% dos envolvidos capturados. Vamos identificar e prender todos os envolvidos”, disse Portela.