05 julho, 2024

Vereador é preso por suspeita de estuprar a filha e a sobrinha no interior do Maranhão

Vereador Fábio José Câmara Costa

A Vara Única de São Vicente Férrer-MA, atendendo a um pedido do Ministério Público. emitiu um mandado de prisão preventiva contra o vereador Fábio José Câmara Costa. O mandado aponta que o camarista de Cajapió é acusado de praticar o crime de estupro de vulnerável.

As acusações contra Fábio Costa são gravíssimas. Segundo o Inquérito Policial nº 06/2023-DPCC, ele é acusado de abusar sexualmente a filha e uma sobrinha, ambas menores de 12 anos à época dos crimes. As vítimas relataram os abusos à avó. Em depoimento, a filha de Fábio afirmou que ele tentava beijá-la à força e pegava em suas parte íntimas. Também confirmou que o pai teria enviado mensagens de teor sexual a outras primas, crianças.

A defesa do vereador alegou que ele sofre de doenças graves, como hipertensão e episódios de cefaleia, na tentativa de evitar a prisão. No entanto, a documentação médica apresentada não comprovou a gravidade dessas condições, indicando que podem ser tratadas adequadamente dentro da prisão. A decisão judicial enfatizou que a liberdade de Fábio Costa representaria um risco significativo para a sociedade.

Via Marcelo Minard

02 julho, 2024

Após repercussão negativa em Brasília, Felipe Camarão é orientado a retornar ao Palácio dos Leões e discutir mudança na SEDUC

O anúncio de Jandira Dias no comando da Secretaria estadual de Educação no lugar de Felipe Camarão (PT), não foi bem “digerido” em Brasília por aliados e padrinhos políticos do vice-governador . Por conta disso o petista foi orientado voltar ao Palácio dos Leões e rediscutir a mudança.

Felipe Camarão foi indicação do ministro do STF, Flávio Dino, após ter sido eleito senador. Assim como Bira do Pindaré na Secretaria de Agricultura Familiar e Joslene na Secretaria das Cidades.

Porém por estar no papel de coordenador da pré-campanha de Duarte, ele foi convidado a se dedicar de forma exclusiva a disputa municipal em São Luís.

Diante dessa brecha, Brandão colocou Jandira Dias, amiga de primeira hora de Audreia Noleto, esposa de Marcus Brandão, para comandar a Educação e naturalmente gerir os recursos dos precatórios do Fundef que ultrapassam os R$400 milhões.

No entanto, o nome não agrada aliados de Dino, que desejam Anderson Lindoso na SEDUC pelos próximos três meses até a volta de Camarão, pois temem que Jandira acabe sendo efetivada após o período.

Vale lembrar que em 2022, aconteceu algo semelhante com Paulo Victor então secretário de Cultura que foi convidado a se afastar para coordenar a campanha de Brandão e em seu lugar colocaram Yuri Arruda, que está no comando da pasta até o presente momento.

Via Diego Emir

01 julho, 2024

Uma pessoa morre e outras ficam feridas em grave acidente na BR-316 em Timon

Uma pessoa morreu e outras ficaram gravemente feridas em um acidente, no final da tarde desse domingo (30), na BR-316, em Timon. Informações extraoficiais apontam para três mortos.

O acidente, que envolveu dois veículos de passeio, aconteceu no povoado Campo Grande, na zona rural do município.

A colisão deixou os dois veículos envolvidos no acidente completamente destruídos. Algumas vítimas foram socorridas por populares e colocadas para fora dos veículos.

Outras vítimas ficaram presas às ferragens esperando o socorro do Corpo de Bombeiros de Timon.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) não divulgou os nomes das vítimas e nem as circunstâncias do acidente.

Testemunhas chegaram a afirmar que um dos veículos tentou fazer uma ultrapassagem e acabou colidindo, em alta velocidade, contra o outro veículo, que seguia em sentido contrário.

Via Elias Lacerda

27 junho, 2024

Polícia Federal deflagra operação para elucidar fraudes contábeis na ordem de R$ 25,3 bilhões das Lojas Americanas

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quinta-feira, 27, em conjunto com o Ministério Público Federal, a Operação Disclosure, que busca elucidar a participação dos ex-diretores da empresa Americanas em fraudes contábeis que, conforme Fato Relevante divulgado pela própria empresa, chegam ao montante de R$ 25,3 bilhões. A investigação contou ainda com o apoio técnico da Comissão de Valores Mobiliários – CVM.

Na ação de hoje, cerca de 80 policiais federais cumprem dois mandados de prisão preventiva e 15 mandados de busca e apreensão nas residências dos ex-diretores das Americanas, localizadas no Rio de Janeiro.

Além disso, a Justiça Federal determinou o sequestro de bens e valores destes ex-diretores que somam mais de meio bilhão de reais.

Os mandados foram expedidos pela 10ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro.

Segundo as investigações, que contam com a colaboração da atual diretoria da empresa Americanas, os ex-diretores praticaram fraudes contábeis relacionadas a operações de risco sacado, que consiste em uma operação na qual a varejista consegue antecipar o pagamento a fornecedores por meio de empréstimo junto aos bancos.

Também foram identificadas fraudes envolvendo contratos de verba de propaganda cooperada (VPC), que consistem em incentivos comerciais que geralmente são utilizados no setor, mas no presente caso eram contabilizadas VPCs que nunca existiram.

A investigação revelou ainda fortes indícios da prática do crime de manipulação de mercado, uso de informação privilegiada, também conhecido como “insider trading”, associação criminosa e lavagem de dinheiro.

Comunicação Social da Polícia Federal

26 junho, 2024

Três pessoas morrem em graves acidentes na BR-222, no Maranhão

Três pessoas morreram em dois graves acidentes, no domingo (23), na BR-222, em Vitória do Mearim, na Baixada Maranhense, a 178 km de São Luís.

O primeiro acidente foi registrado por volta das 8h da manhã, próximo à Delegacia da Polícia Civil, envolvendo uma moto, que transportava duas pessoas, e um veículo ocupado por dois moradores de Arari.

Os ocupantes da moto, residentes no bairro Manjituba, em Vitória do Mearim, foram identificados como Francisca das Chagas Silva Pereira, de 34 anos, que morreu no local; e o adolescente Kenald Pereira do Nascimento, de 16 anos, que ficou gravemente ferido.

Os ocupantes do carro foram identificados como Jamilson Prazeres Santos e Abimael de Jesus Silva Júnior.

Os feridos foram socorridos e levados ao Hospital Municipal, mas, devido à gravidade dos ferimentos, terminaram sendo transferidos imediatamente para São Luís.

Por voltas das 21h, outro acidente deixou duas pessoas mortas. As vítimas foram identificadas como Carliane de Sena, de 30 anos, residente em Arari; e Moisés Santos Rodrigues, de 39 anos, residente em Bacabal. O suspeito de ter provocado o acidente foi identificado como Carlos Henrique Pinheiro Santos, de 46 anos.

Pelas informações, o veículo causador do acidente desenvolvia alta velocidade e colidiu violentamente contra a motocicleta. Em seguida, o motorista do carro se evadiu do local, mas terminou sendo capturado pela polícia. Ele apresentava visível estado de embriaguez, com alteração de fala, andar cambaleando e odor etílico.

O atropelador recebeu voz de prisão e foi conduzido, sem lesões corporais, para a Delegacia Regional de Viana para autuação em flagrante. Ele vai responder por duplo homicídio culposo na direção de veículo automotor, com agravantes, como deixar de prestar socorro às vítimas, afastar-se do local acidente e conduzir veículo sob efeito de bebida alcoólica.

Informações de Jailson Mendes

25 junho, 2024

Assassinato de Pacovan deve ser elucidado a qualquer momento pela Polícia Civil do MA

Pacovan foi executado a tiros em Zé Doca

Há versões sobre possibilidades de autoria intelectual da execução; uma delas aponta para uma ex-funcionária de Pacovan, que era usada como uma espécie de ‘laranja’ e depositava em sua conta bancária vultosas quantias passadas pela vítima.

O veículo – A Polícia Civil já checou algumas informações sobre o veículo Siena preto que, após o crime, foi incendiado numa estrada vicinal de um bairro da cidade. A placa e o chassi são ‘quentes’; não se trata de um carro roubado. A proprietária que aparece nos documentos reside no Ceará, foi ouvida e disse que vendeu para uma pessoa que passou para uma terceira. A PC do Ceará está seguindo a ‘trilha’ das vendas para ajudar as autoridades maranhenses.

Informações privilegiadas – O autor ou autora intelectual do crime estava passando informações privilegiadas aos pistoleiros. Os três homens que ocupavam o veículo – dois dos quais desceram e crivaram o empresário de balas – sabiam que Pacovan estava indo para Zé Doca. Segundo a ex-funcionária dele, que já foi ouvida e prestou um depoimento que deixou algumas dúvidas. Os dois teriam se comunicado pelo celular, conforme os depoimentos da viúva e do filho da vítima. Os pistoleiros chegaram ao posto Joyce seis minutos depois de Pacovan.

Depoimento inconsistente – Algumas inconsistências marcaram o depoimento da ex-funcionária de Pacovan. É provável que nos próximos dias a rumorosa execução do empresário Josival Cavalcante da Silva esteja elucidada.

Reveja o momento em que Pacovan foi executado.

Via O Informante

24 junho, 2024

AGORA É OFICIAL! Famílias de Brandão e Jerry não estarão juntas em Colinas


A prefeita de Colinas, Valmira Miranda, confirmou nesta segunda-feira, 24, decisão do grupo Brandão na cidade: a família não vai mesmo apoiar a candidatura de João Haroldo, irmão de Márcio Jerry (PCdoB).

O grupo do governador Carlos Brandão (PSB) lançou o vereador Renato Santos, tendo a também vereadora Valberlene Lopes como candidata a vice.

Uma terceira candidatura ainda tenta entrar no párea: a de Shamia Madeira.

Brandão e Jerry já estiveram juntos nesta segunda, após o anúncio que movimentou a política colinense.

Via Gilberto Léda

STF muda entendimento e sete deputados podem perder mandato

STF recurso
Mudança do STF sobre sobras eleitorais pode resultar na perda de mandato de sete deputados federais, beneficiando aliados de Davi Alcolumbre.

BRASÍLIA, 24 de junho de 2024 – A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) votou na última sexta (21) para aceitar um recurso e alterar uma decisão de fevereiro, o que pode levar à troca de sete deputados federais.

A mudança está relacionada ao entendimento sobre as sobras eleitorais e favorece o senador Davi Alcolumbre (União-AP), possibilitando a entrada de quatro de seus aliados no Congresso.

Em maio, Alcolumbre manifestou sua insatisfação com a decisão anterior do Supremo a pessoas próximas, embora não tenha comentado publicamente. Ele é um dos principais candidatos a suceder Rodrigo Pacheco (PSD-MG) na presidência do Senado.

O caso foi levado ao Plenário virtual do STF e girou em torno do prazo de aplicação da nova determinação, inicialmente prevista para começar em 2024. O ministro André Mendonça solicitou que o recurso fosse analisado em Plenário físico, mas parte dos ministros optou por adiantar os votos no ambiente virtual.

Os ministros Alexandre de Moraes, Gilmar Mendes, Kassio Nunes Marques, Flávio Dino, Dias Toffoli e Cristiano Zanin votaram a favor da mudança, contrariando a relatora Cármen Lúcia, que rejeitou o recurso.

Para que a decisão seja confirmada, ainda será necessário um julgamento presencial, cujo agendamento depende do presidente do STF, Luís Roberto Barroso. Existe a possibilidade de Mendonça retirar sua requisição, levando a ação a ser concluída virtualmente.

Segundo cálculos preliminares do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a decisão pode retirar o mandato de sete deputados federais.

A bancada do Amapá na Câmara será a mais afetada, com a substituição de metade dos parlamentares, incluindo Dr. Pupio (MDB), Sonize Barbosa (PL), Professora Goreth (PDT) e Silvia Waiãpi (PL).

Outros três deputados que podem perder seus mandatos são Lebrão (União Brasil-RO), Lázaro Botelho (PP) e Gilvan Máximo (Republicanos-DF).


Via Linhares Jr

23 junho, 2024

Morre o jornalista Djalma Rodrigues




No ano passado, Djalma Rodrigues foi diagnosticado com um câncer no estômago e desde então iniciou o tratamento.

A morte do radialista, no entanto foi confirmada pela esposa Elineusa Matos Rodrigues.

Djalma Rodrigues integrou a equipe dos jornais O Estado do Maranhão, Pequeno e Atos e Fatos, além da Rádio Capital onde apresentou

Foi também assessor assessor de comunicação na Federação dos Municípios do Maranhão (Famem) e diretor de comunicação da Câmara de São Luís.

A Câmara de São Luís , a Assembleia Legislativa do Maranhão e o Governo do Maranhão divulgaram nota de Pesar:

“Por mais de três décadas, o comunicador construiu uma brilhante trajetória no Legislativo ludovicense e, por 23 anos consecutivos, atuou como diretor de comunicação. Ele assumiu o cargo pela primeira vez na gestão do ex-presidente Deco Soares, em 1993, mas permaneceu na função com João Evangelista, Chico Carvalho, Ivan Sarney e Isaías Pereirinha, em 2014”, destaca uma nota do Legislativo da capital.

A Casa também reconheceu seu relevante trabalho como jornalista, radialista, blogueiro e na produção literária do seu primeiro livro intitulado “O Órfão e o Jornalista”, que estava em fase de publicação.

Em abril de 2023, a Mesa Diretora homenageou o comunicador com o certificado de honra ao mérito pela dedicação em relação aos trabalhos prestados por ele ao longo de sua trajetória no parlamento.

Nossas sinceras condolências à família e aos amigos por esta inestimável perda. Neste momento de dor, solidarizamo-nos com todos, rogando a Deus que conforte os seus entes queridos”, diz a nota divulgada pela Câmara.

“Com uma trajetória iniciada em 1979 e marcada pela competência e dedicação à profissão, Djalma Rodrigues deixou sua marca como redator e repórter em diversos meios de comunicação de São Luís, tendo atuado em jornais como O Estado do Maranhão, Jornal Pequeno, Atos e Fatos e Jornal de Hoje, entre outros.

Foi também consultor de Comunicação da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem) e assessor e diretor de Comunicação da Câmara Municipal de São Luís, além de ter prestado relevantes serviços à comunicação da Alema”, destacou a Assembleia Legislativa.

“O Governo do Maranhão manifesta o seu profundo pesar pelo falecimento do jornalista Djalma Rodrigues, neste sábado (22), em São Luís (MA). Djalma atuou como profissional da imprensa em diversos veículos de comunicação em São Luís e Imperatriz, como o Jornal de Hoje, Jornal O Estado do Maranhão e Jornal Pequeno; além da atuação na Rádio Capital e como Assessor de Imprensa da Câmara Municipal de São Luís.

Neste momento de dor, a gestão estadual se solidariza com familiares e amigos, reiterando nossos sinceros sentimentos”.

20 junho, 2024

Prefeito de Carolina (MA), Erivelton Teixeira e vereador Lindomar, vão a Júri Popular por aborto sem consentimento


O prefeito de Carolina, no Maranhão, Erivelton Teixeira Neves (PL), e o vereador Lindomar da Silva Nascimento (PL), serão julgado pelo Tribunal do Júri por sua participação em um caso de aborto realizado sem consentimento. O crime, que ocorreu em março de 2017, envolveu não apenas o prefeito, mas também o vereador do mesmo município. Ambos são acusados de cometer um ato monstruoso contra Rafaela Maria Sousa Santos, com quem o médico e prefeito de Carolina, Erivelton Teixeira mantinha um relacionamento extraconjugal.


De acordo com a denúncia do Ministério Público Estadual, no dia 2 de março de 2017, Erivelton Teixeira e Lindomar Nascimento planejaram e executaram um aborto sem o consentimento de Rafaela. A vítima foi levada para o Motel Oásis, em Augustinópolis, onde o prefeito, que é médico, a sedou para realizar o procedimento. Rafaela, que havia reatado o relacionamento com Erivelton em 2016, estava grávida e procurou o então amante para realizar um ultrassom.

O prefeito, aproveitando-se de sua posição de confiança e autoridade, administrou um sedativo à vítima sob o pretexto de realizar exames de rotina. Quando a dose inicial não teve o efeito desejado, ele aumentou a quantidade, levando-a a perder a consciência. Uma vez sedada, Rafaela foi submetida a um procedimento de curetagem pelo prefeito, com a ajuda de Lindomar.

Após o aborto forçado, a vítima foi deixada em sua casa, ainda debilitada e sem assistência adequada. O prefeito e o vereador fugiram do local, deixando-a sozinha e em estado crítico, até que uma amiga enfermeira chegou para prestar socorro.

A Justiça do Tocantins, em sua sentença, pronunciou Erivelton Teixeira Neves e Lindomar da Silva Nascimento com base no artigo 125 do Código Penal, que trata do aborto sem consentimento da gestante. O processo, que teve seu curso regular e garantiu o devido processo legal, agora segue para julgamento pelo Tribunal do Júri Popular.

O vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Geraldo Og Fernandes, no exercício da presidência, já havia indeferido várias tentativas de habeas corpus pela defesa do prefeito, reforçando a gravidade das acusações e a necessidade de justiça.

Este caso, expõe não apenas a brutalidade do ato, mas também a traição de confiança por parte de Erivelton Teixeira, tendo em vista o relacionamento amoroso com Rafaela.
O julgamento pelo Tribunal do Júri será crucial para determinar a pena apropriada para os acusados, e a sociedade não somente de Carolina, mas de toda a região, aguarda por justiça.

Via Me informo