.

.

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Após palestra de Eric Costa na Vila Nair, multidão segue em caminhada até a Praça da Rodoviária


Na noite desta segunda-feira (22), o bairro Vila Nair recebeu a grande caravana liderada pelo candidato a reeleição de prefeito Eric Costa (PCdoB), o candidato a vice Leandro (PSDB) e candidatos a vereadores  numa grandiosa palestra que reuniu milhares de pessoas para ouvir as mensagens de fé e esperança voltadas para o município avançar ainda mais do projeto de desenvolvimento. 


Durante seu discurso, Eric Costa destacou a importância da continuidade no trabalho que vem dando certo e garante responsabilidade para com as pessoas. "Precisamos continuar juntos para que possamos fazer ainda mais por este povo que hoje respira liberdade. Não queremos nosso município sendo comandado apenas por uma família, nossa cidade pertence a todas as pessoas e temos trabalhado para garantir essa liberdade, respeitando as pessoas como realmente temos feito. Barra do Corda tem de continuar livre porque ela é de cada cidadão e cada cidadã", disse.


Após discursos dos oradores, a nação vermelha seguiu em caminhada pelas Avenidas Lulu Rodrigues e Pedro Amorim até chegar na Praça da Rodoviária, onde uma multidão fez a maior festa. O ex-prefeito Avelar Sampaio entrou no embalo do forró do 65 e animou ainda mais o público.



segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Brasileiro Série D: Moto Club avança para as quartas de final

Foto: Juraci Filho
O Moto Club segue firme sua caminhada na Série D, rumo ao acesso. O time motorizado perdeu por 1 a 0, para o Juazeirense, no interior baiano e mesmo assim avançou para as quartas de final.

O gol dos donos da casa foi marcado por Júnior Gaúcho aos 35 minutos da etapa inicial. Como havia vencida a partida de ida em São Luís por 3 a 1, o Moto garantiu classificação.

Nas quartas de final, o Papão no Norte enfrente o Atlético Acreano valendo o acesso para a Série C de 2017. O primeiro confronto será no próximo domingo no Castelão. 

Valéria Macedo participa da inauguração do Hospital Macrorregional de Imperatriz


Valéria Macedo participa da inauguração do Hospital Macrorregional de Imperatriz

Na noite da última sexta-feira (19), a deputada estadual Valéria Macedo (PDT) esteve junto ao governador Flavio Dino (PC do B), em Imperatriz, para a inauguração do Hospital Macrorregional na cidade. O novo Hospital Macrorregional é o principal em referência no tratamento de câncer da região.

O Governo do Estado destinou R$ 37.276.455,95 para obra e aquisição de equipamentos para o hospital. A unidade disponibilizará tratamento qualificado e especializado, com atendimento oncológico adulto, para uma população de 1.268.550 pessoas das regionais de saúde de Imperatriz, Açailândia, Barra do Corda e Balsas.

“Ficamos muito agradecidos ao governador Flávio Dino, por mais esse grande investimento, e que vem exercendo um grande trabalho e acolhendo nossos pedidos, pedido esse que venho fazendo desde o meu primeiro mandato ao governo anterior e que somente agora foi atendido. Muitas pessoas serão beneficiadas com esse hospital. Continuaremos trabalhando juntos, por mais qualidade de vida à nossa população da região Tocantina. É um momento muito especial para Imperatriz e toda a região”, disse Valéria Macedo.

HOSPITAL

O funcionamento do hospital será na modalidade conhecida como ‘porta fechada’. A unidade recebe os pacientes enviados por meio da Central de Regulação. O hospital é referência regional para o atendimento oncológico, de média e alta complexidade, com prestação de serviços para região de Imperatriz e regiões circunvizinhas.

A Central de Regulação do Hospital Macrorregional Drª Ruth Noleto é responsável pelo recebimento, avaliação e controle dos pedidos de internação nas áreas de clínicas médica, cirúrgica, oncológica e clínica cirúrgica oncológica, assim como Terapia Intensiva Adulto, por meio de leitos regulados e referenciados.

A unidade possui três tipos de atendimentos, dentre eles serviços especializados, Serviço de Apoio Diagnóstico e Tratamento (SADT) e atendimento ambulatorial. São 116 leitos de internação, distribuídos nas especialidades clínica médica (26), cirúrgica (26), oncológica (26) e clínica cirúrgica oncológica (26), e mais 12 de UTI Adulto.

O complexo hospitalar, a partir das quatro especialidades, tem capacidade instalada mensal para 3.120 internações e 360 na UTI, totalizando 3.480 internações. Para o custeio da unidade para ações de média e alta complexidade, o repasse mensal do Governo do Estado será de R$ 3.706.406.

O serviço especializado do Hospital oferece, também, urgência e emergência oncológica adulto, atendimento regulado em clínica médica, cirurgia geral, cirurgia oncológica, terapia intensiva adulto, fisioterapia, fonoaudiologia, serviço social, psicologia, farmácia clínica, serviço de nutrição e dietética.

O Macrorregional possuirá ainda o Serviço de Apoio Diagnóstico e Tratamento (SADT), com análises clínicas, exames de radiologia, ultrassonografia, agência transfusional, ecocardiograma, tomografia, quimioterapia, mamografia, eletrocardiografia, colonoscopia, endoscopia digestiva, diálise (paciente interno), biópsia de próstata, anatomia patológica, biopsia de mana, imunohistoquimia e pet scan.

Para o atendimento ambulatorial, o hospital dispõe de cardiologia, dermatologia, endocrinologia, ginecologia, mastologia, hematologia, médico da dor, oncologia, ortopedia oncológica, proctologia, urologia, gastroenterologia, psicologia, e cirurgia plástica.

ESTRUTURA

O novo Hospital Macrorregional Drª Ruth Noleto, instalado na Avenida Pedro Neiva de Santana, bairro Camaçari, ocupa uma área construída de 5.501,05m². A unidade conta com uma área para expansão de 2.01736 m². O investimento estrutural na construção da unidade foi de R$ 22.776.455,95.

A estrutura apresenta 50 apartamentos tipo enfermarias com 100 leitos, incluindo os isolamentos, sala de raio X, tomografia, laboratório, eletrocardiograma, endoscopia, ultrassonografia, mamografia, Central de Esterilização de Material, quatro salas cirúrgicas, recuperação pós anestésica, 12 leitos de UTI incluindo isolamentos, auditório, farmácia satélite, refeitório, cozinha, lavanderia e etc.

Empresário morre e esposa fica gravemente ferida em acidente na MA-319




O empresário Alexsandro Lopes da Costa de 39 anos de idade, morreu no inicio da noite deste domingo em um grave acidente na MA-319. Segundo as primeiras informações o carro em que o empresário e a esposa estavam teria caído de cima de um viaduto na entrada da cidade de Tufilândia.

Alexsandro Lopes era proprietário da loja Pneus Sport em Santa Inês, ele morreu no local do acidente, a esposa Elisângela Freitas, foi encaminhada em estado grave para o Hospital Tomaz Martins em Santa Inês e em seguida transferida para São Luís com traumatismo craniano.

O casal estava no automóvel modelo KIA SPORTAGE LX2 2.0, cor marrom, placa NVM 4983. 
 

Abmael Costa

Pedro Lucas mostra força no lançamento da campanha

Pedro Lucas entre Edvaldo Holanda Junior, Julio Pinheiro com centenas de pessoas no ato de lançamento oficial de sua candidatura à reeleição. Durante o lançamento oficial de sua campanha para a reeleição, no último sábado, (20), o vereador Pedro Lucas (PTB) mostrou grande poder de mobilização e reafirmou o seu compromisso de continuar trabalhando por São Luís. O evento contou com a presença de centenas de pessoas entre amigos, simpatizantes de sua candidatura, assessores, familiares e outros convidados. O prefeito Edivaldo também marcou presença.

 “Fizemos muito nesse primeiro mandato como vereador. Estivemos nas ruas, nas comunidades. Ouvimos as pessoas no gabinete e principalmente fora dele. Colaboramos com a gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior. Por isso, temos a certeza de que é preciso continuar trabalhando muito para que São Luís não retroceda. Estamos no caminho certo e não podemos parar”, disse o petebista.

Além do pai, tio e avó, respectivamente, Deputado federal Pedro Fernandes, ex-deputado Manoel Ribeiro, Dona Dadá, entre outros familiares ainda esteve presente o prefeito Edivaldo Holanda Junior, também candidato à reeleição, quando destacou a importância da relação de boas parcerias para continuidade do trabalho desenvolvido.   Ele disse que “precisamos continuar com esse trabalho. Feito com planejamento e responsabilidade. Feito com o apoio de vereadores como o Pedro Lucas, meu amigo. É importante para a nossa cidade”. o prefeito.

Demonstrando satisfação com a presença da quantidade de pessoas no ato de lançamento oficial de sua candidatura para as próximas eleições, para lhe prestar apoio, Pedro Lucas enfatizou que  “Ver tanta gente reunida nos dá a força e o ânimo necessários para seguir com o projeto de uma São Luís melhor para todos. Trabalhamos bastante, todos os dias, mas ainda temos muito a realizar por nossa gente”.

Clodoaldo Corrêa

Em artigo, Flávio Dino destaca o “Plano Mais IDH” e diz que a política pública mais eficiente é investir nas pessoas

As pessoas que foram submetidas a situações tão precárias por descaso do Estado, não podem esperar pelo efeito “automático” de soluções gerais. Por isso, nosso foco nelas por meio de ações emergenciais.
É preciso investir para reduzir os impactos da crise, principalmente entre os que mais sofrem com ela, que são os cidadãos tradicionalmente invisíveis. A política pública mais eficiente é investir nas pessoas.
 
 
Fazendo justiça social
Por Flávio Dino
 
Sou dos que acreditam que o exercício da boa política tem uma prioridade máxima: a construção de uma sociedade melhor. Para que a alcancemos, devemos enfrentar especialmente as absurdas desigualdades provocadas por décadas de desgoverno em nosso Maranhão. Por isso, criei, em meu primeiro dia de governo, o Plano Mais IDH, um conjunto de programas que está mudando a vida de quem mora nas 30 cidades mais pobres do nosso estado.
Com ações estratégicas de saúde, educação, abastecimento d’água, produção e renda, vamos diminuir desigualdades sociais nessas cidades que têm os mais baixos Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) do estado e do país. As pessoas que foram submetidas a situações tão precárias por descaso do Estado, não podem esperar pelo efeito “automático” de soluções gerais. Por isso, nosso foco nelas por meio de ações emergenciais.

É o caso da Força Estadual de Saúde, composta por 120 profissionais de saúde. Sem atendimento digno há décadas, a população desses municípios não pode esperar e precisa de um atendimento emergencial, que alcance o mais importante quando se fala de saúde: a prevenção. O princípio é o mesmo usado para criação da Força Nacional de Segurança, que atua em situações críticas pontuais. Os profissionais de saúde da Força já realizaram mais de 115 mil atendimentos nos 30 municípios do Mais IDH.

Outro ponto importante a ser trabalhado é a educação. Para mudar essa situação, criamos o Programa Escola Digna, que está construindo escolas de alvenaria substituindo as inadequadas escolas de taipa, pois sem boas condições infraestruturais não é possível que os alunos possam aprender com qualidade.

Em paralelo, criamos a Jornada de Mobilização pela Alfabetização que concentra ações voltadas para a população a partir de 15 anos de idade. Estamos aplicando o Plano Brasil Alfabetizado, em 71 cidades, em parceria com o Governo Federal. E com o Programa “Sim, Eu Posso”, há 702 alfabetizadores atuando em 8 dos 30 municípios mais pobres, ensinando 14 mil pessoas a ler e escrever. Não posso descrever a emoção que senti em São Raimundo do Doca Bezerra, na semana passada, ao receber uma carta escrita por um grupo de idosos, pedindo a continuidade do programa de alfabetização, para que eles possam aprender mais.

Para garantir uma melhor alimentação, também estamos investindo cerca de R$ 22 milhões na construção de 30 cozinhas comunitárias que, quando prontas, terão capacidade de fornecer 15 mil refeições diárias, a partir de ingredientes produzidos por pequenos agricultores, o que ajudará a ativar a economia local. Já o Programa "Minha Casa, Meu Maranhão" visa a garantia de moradia digna à população. Estamos com obras em 15 municípios, mirando sobretudo a zona rural.

Por fim, menciono que 26 dessas 30 cidades nunca contaram com sistema de abastecimento de água tratada. Para superar esse drama, o Programa Água para Todos está investindo R$ 75 milhões nesses municípios. E poderia falar de muito mais ações, como os Sisteminhas da Agricultura Familiar, os cursos de formação que estamos começando, entre outras iniciativas que têm a marca maior do nosso governo: lutar por direitos para todos, com coragem e dedicação.

Nesses momentos de crise que o Brasil e o mundo vivem, há governantes que defendem que é hora de o Estado poupar. Eu defendo que é justamente nesses momentos que é preciso investir para reduzir os impactos da crise, principalmente entre os que mais sofrem com ela, que são os cidadãos tradicionalmente invisíveis. A política pública mais eficiente é investir nas pessoas. Isso está fazendo a diferença nesse nosso imenso esforço patriótico para virar a página da injustiça no Maranhão, recuperando o tempo perdido.
 
GLima

Nicolao Dino pede cumprimento imediato da pena a condenado em 2º grau


Nicolao Dino defende execução de penas por crimes eleitorais após condenação em 2º grau
Igor Giannasi
O Estado de S.Paulo
 
SÃO PAULO - Para estabelecer uma simetria com a decisão do Supremo Tribunal Federal que alterou jurisprudência adotada no País, o vice-procurador-geral eleitoral, Nicolao Dino, pediu o imediato cumprimento da pena nos processos de crimes eleitorais que tiveram condenação em segundo grau e estão pendentes de julgamento no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

“O recurso para o tribunal superior não suspende a eficácia da decisão do tribunal regional eleitoral. A tônica é o requerimento da execução imediata da condenação que foi confirmada no TRE”, disse Nicolao ao Estado.

Em fevereiro, o plenário do Supremo determinou, por 7 votos a 4, que um réu condenado a prisão poderia ter sua pena executada imediatamente após a confirmação da sentença do juiz de primeiro grau por um Tribunal de Justiça.

A decisão modificou uma tese fixada pelo próprio STF, em 2009, de que condenados teriam o direito de recorrer em liberdade até quando não houvesse mais possibilidade de recursos. Em julho, os ministros Ricardo Lewandowski, presidente do Supremo, e Celso de Mello, decano da Corte, ignoraram o entendimento em decisões individuais (mais informações nesta página). O plenário do STF deve voltar a analisar o tema em breve.

A determinação do Supremo causou reações distintas. De um lado, elogios do juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância, para quem se “fechou uma das janelas da impunidade no processo penal brasileiro”. Do outro, críticas da Ordem dos Advogados do Brasil ao que a entidade considera prejuízo à presunção da inocência.

Estágio
“Nós concordamos com essa diretriz (do STF) e consideramos que efetivamente as decisões condenatórias de segundo grau devem ser executadas, considerando que nesse estágio de andamento processual estabelece-se o que se pode chamar de presunção de culpabilidade, ou seja, já há aqui uma condenação confirmada na segunda instância nos tribunais”, disse o vice-procurador-geral sobre a aplicação da nova jurisprudência no âmbito das eleições.

Levantamento da Procuradoria-Geral Eleitoral, realizado desde maio, identificou cerca de 30 casos em que houve condenação nos Tribunais Regionais Eleitorais. “Já requeremos o cumprimento imediato das instâncias condenatórias em aproximadamente 20 casos e ao longo do restante do mês de agosto estaremos concluindo os requerimentos restantes”, afirmou Nicolao.

Segundo o vice-procurador-geral eleitoral, sobressaem-se os crimes relacionados a compra de votos e falsidade ideológica. “O ponto de identificação é a existência de condenação no tribunal regional eleitoral e após isso a interposição de recurso no tribunal superior.”

De acordo com Nicolao, os casos ainda aguardam as manifestações dos respectivos relatores e do próprio colegiado do tribunal.

“Essa manifestação do vice-procurador-geral (eleitoral) encoraja, incentiva e cobra a execução dessas condenações”, avaliou o professor da Escola de Direito da FGV-SP Diogo Rais, especialista em Direito Constitucional.

Segundo ele, a decisão deve afetar cargos como o de vereadores, que são julgados na primeira instância por um juiz singular e, depois, pelo Tribunal Regional Eleitoral. “Provavelmente muitas penas já poderiam ser cumpridas porque os tribunais já decidiram muitas condenações e estavam aguardando as decisões de Brasília para o seu cumprimento.”

Ficha Limpa
Ainda que diga que sua manifestação transcenda as eleições municipais de outubro, Nicolao considera que ela possa complementar os efeitos da Lei da Ficha Limpa ¬ – que torna inelegíveis candidatos condenados em decisão transitada em julgado ou de órgão colegiado. “Acho que as coisas convergem para um mesmo ponto porque, no fundo, o objetivo final é assegurar uma carga maior de efetividade às decisões das justiça eleitoral, seja no âmbito penal ou no não penal.”

“Para efeitos de inelegibilidade, a Lei da Ficha Limpa já resolveu o problema, agora, para efeitos da execução da pena, ela não resolveu porque ela não é uma lei criminal”, comentou o professor da Direito FGV-SP. “Talvez, não mude tanto o jogo eleitoral, mas a forma como as pessoas encaram um crime eleitoral. Reforça a questão da severidade do crime eleitoral e a antecipação da sua execução, usando a decisão do supremo também nos feitos eleitorais.”

Preocupação
Para Rais, no entanto, a decisão do Supremo é controversa e provocou questionamento de criminalistas, além de estar sujeita a revisão no plenário da Corte.

O advogado Alberto Rollo, especialista em Direito Eleitoral, concorda com o posicionamento da OAB e disse que vê com preocupação não apenas a execução da pena em casos de condenação na segunda instância para crimes eleitorais, mas a própria decisão do Supremo que motivou esse entendimento.

Para Rollo, há o perigo da ruptura do princípio da inocência. “Eu tenho medo dessa decisão, é uma coisa muito sagrada mexer na liberdade do cidadão”, afirmou Rollo.

Para ele, o combate à impunidade deve ser feito por meio da eficiência da Justiça. “Eu prefiro, enquanto advogado, enquanto professor, dizer para os meus alunos: vamos mexer na estrutura do Poder Judiciário, vamos mexer na velocidade do processo para que não aconteça a impunidade lá na frente.”

Eric Costa realiza grande comício de campanha em Barra do Corda

   


Milhares de pessoas marcaram presença na noite desta sexta-feira (19) no Espaço Cultural, em Barra do Corda, para o início dos comícios do candidato à reeleição no município: o prefeito Eric Costa (PCdoB) e seu vice, Leandro Sampaio (PSDB).

Eric Costa conta com apoio de 21 partidos em uma das maiores coligações entre os municípios maranhenses, com mais de 100 candidatos a vereadores.

 
Presença de várias lideranças estaduais 
 
O presidente estadual do PCdoB no Maranhão, Márcio Jerry representou o governador Flavio Dino. Jerry reafirmou que o prefeito Eric Costa é o candidato apoiado pelo governador no município.

 
 
O prefeito Eric Costa falou das conquistas alcançadas e do resultado do seu trabalho em Barra do Corda, como as várias obras concluídas e as que estão em andamento. Ele agradeceu o apoio que o governo do Estado tem dado a seu governo. Além das obras físicas, o prefeito falou que dignidade, respeito e cidadania continuam sendo a bandeira mais importante da sua gestão.

O vice, Leandro Sampaio, falou que o trabalho vencerá e mais uma vez a vitória será do povo.
 
Portal Vermelho

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Superintendente de Polícia Civil da Capital, fala da redução no índice de assaltos a coletivos e roubos a residências em São Luís-MA

 126_9994

Em entrevista a reportagem ASCOM SSP, o Superintendente de Polícia Civil da Capital. Armando Pacheco, falou que foi observado, que nos anos de 2014, 2015, havia um índice bastante alto no que diz repeito aos assaltos a transportes coletivos e a roubo em residências em São Luís. Para combater esse tipo de modalidade criminosa, a Polícia do Maranhão, através da SPCC, realizou um trabalho específico no sentido de desarticular, essas quadrilhas especializadas nessa ação criminosa.
 
No mês de março deste ano, foi criada uma equipe composta por delegado e investigadores, da Delegacia de Roubos e Furtos, para fazer um levantamento dos roubos a residências  na região metropolitana de São Luís, e centralizar o trabalho da investigações. Falou que antes não havia essa troca de investigação, com a criação dessa equipe para especificamente trabalhar nestas duas linhas de crimes, obtivemos resultado positivos, prendendo quadrilhas que já tinham praticado vários crimes dessa natureza, facilitando a identificação de cada um desses criminosos, que agiam roubando residências e assaltando ônibus na capital. Disse
 
assalto a onibus
                                 Flagrante Assaltante de ônibus em 2014, preso no mesmo dia pela PM
                              
Informou que com essa equipe composta de seis investigadores, um escrivão e um delegado, a SPCC, conseguiu do mês de março pra cá, já foram identificadas e presas trinta e três quadrilhas especializadas em assalto a coletivos e roubos a residências, sendo que só uma quadrilha tinha dezessete integrantes, com essas prisões houve uma redução significativa nestes tipos de crimes, onde as ocorrências vem tendo uma que gradativa, de 120, ocorrências ao mês, de março até o mês de junho, caiu para 58 e no mês de Julho 52 ocorrências. Falou que atualmente a Polícia  Civil, está há seis dias sem ocorrência a roubo de residências na capital maranhense.
 
                                1463765245-987369584
  Quadrilha que assaltava e incendiava ônibus
                                Quadrilha que praticava assaltos a ônibus em São Luís é presa
Áreas de maiores incidências das ações  dessas quadrilhas
 
O superintende Falou, que os criminosos sempre atuam nos bairros de classe média alta tais como:
 
Cohama, Bequimão, Ipase, Coahatrac, Cohajape, Alto do Calhau, Cohafuma, Vinhais, Planalto do Vinhais Plnalto, onde 70% dessas quadrilhas, agiam nessas áreas. Disse Armando Pacheco.
 
Falou ainda, que maioria das quadrilhas de assaltantes, são compostas de viciados, que embarcam nos ônibus, e chegam a um determinado ponto, efetuam os assaltos. Ressaltou que geralmente os assaltos aos transportes coletivos, são realizados pelas mesmas quadrilhas, daí a importância da força tarefa realizadas pela equipe da Delegacia de Roubos e furtos, equipe criada com a missão específica de investigar e prender os integrantes dessas quadrilhas.
 
O superintendente disse  ainda, que de 120 ocorrências registradas em outubro de 2015, caiu para  30 ocorrências no mês de fevereiro, que houve um acréscimo no mês de julho onde tivemos 60 ocorrências, mesmo com o acréscimo em relação ao mês de fevereiro deste ano, significa a metade das ocorrências registradas no mês de outubro do ano passado que atingiram a marca de 120 o ocorrências.
                                 Resultado de imagem para fotos de assaltantes de Ônibus em sãoluis 2016
  Batalhão Tiradentes
                                  
 
Destacou que a queda nos índices de assaltos e a roubos em residências, deve-se também ao bom trabalho realizado pela Polícia Militar do Maranhão, que em conjunto com a Polícia Civil vem realizando Operações Especiais para combater esses tipos de crimes, tirando de circulação essas quadrilhas dando tranquilidade e segurança a população ludovicense. Conclui!
 
 
ASCOM SSP

O 'horror de Aleppo' em imagem de menino que sobreviveu a ataque aéreo na Síria

Imagem do menino foi captada após resgate em prédio bombardeado em Aleppo
  • Imagem do menino foi captada após resgate em prédio bombardeado em Aleppo
A imagem de um menino ferido após um ataque aéreo à cidade síria de Aleppo está circulando nas redes sociais e chamando atenção para o desespero das vítimas do conflito no país.

Segundo relatos, o menino seria Omran Daqneesh, de cinco anos de idade. Ele foi uma das vítimas de um ataque aéreo que deixou três mortos e 12 feridos no distrito de Qaterji, controlado por rebeldes e alvo de uma ofensiva aérea por parte de forças do regime Assad.

Cinco delas seriam crianças, segundo disseram à agência AP grupos de oposição.

Nesta quinta-feira, o enviado especial da ONU à Síria, Staffan de Mistura, cancelou uma reunião humanitária no meio do encontro, citando sua "insatisfação profunda" com a continuidade dos combates e criticando os dois lados do conflito.


Segundo relatos, Omran Daqneesh está se recuperando com a família
As imagens do menino, divulgadas pelo grupo de oposição Aleppo Media Center, mostram a criança sendo levada para uma ambulância, onde fica sentada com olhar atordoado e com parte do rosto coberta em sangue.

No vídeo, ele passa a mão no rosto e examina as manchas de sangue antes de limpar a mão na cadeira.

Depois, as equipes de resgate trazem duas crianças e um homem, também feridos no ataque.

Segundo os relatos, Omran Daqneesh está se recuperando com a família.

"A face atordoada e ensaguentada de uma criança sobrevivente resume o horror de Aleppo", disse Adib Shishakly, que integra o grupo de oposição Conselho Nacional Sírio.

No ano passado, a imagem do menino sírio Alan Kurdi, de três anos, que morreu afogado na travessia do Mar Mediterrâneo e terminou sendo levado pela maré para uma praia na Turquia, chamou atenção para a situação dos refugiados sírios que deixam o país por conta do conflito.

BBCBrasil