quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Presidente do Sampaio Corrêa afirma: "Tenho total responsabilidade sobre tudo"

Sérgio Frota fala primeira pela vez após rebaixamento do clube na Série B do Brasileiro e revela que "grande erro foi imaginar logo que poderíamos subir para a Série A"

 

Por São Luís, MA

Presidente do Sampaio, Sérgio Frota, negocia com atacante de renome nacional (Foto: Biné Morais/O Estado)
Presidente do Sampaio, Sérgio Frota fala sobre rebaixamento do clube na Série B (Foto: Biné Morais/O Estado)

Pela primeira vez após o rebaixamento do Sampaio no Brasileiro da Série B, o presidente do clube, Sérgio Frota, se pronunciou. Em suas palavras, o dirigente assumiu total responsabilidade quanto a queda nacional do Tricolor e chegou inclusive a dizer que seu grande erro foi pensar em Série A.  


 - Eu tenho total responsabilidade sobre tudo o que aconteceu nesta temporada no Sampaio e não fujo dela. No início do ano apostamos numa reformulação, deleguei poderes no clube algumas pessoas, mas não fomos bem no Estadual e precisei mudar, mas as coisas não aconteceram como nós esperávamos. O meu grande erro foi imaginar logo que poderíamos subir para a Série A, quando deveríamos nos firmar onde estávamos – afirmou.   

 

Com o rebaixamento definido a meta agora é preparar o clube para o Brasileiro da Série C 2017. O dirigente não escondeu que orçamento do clube será bastante reduzido em relação aos últimos anos.    
- Para a próxima temporada nós vamos trabalhar dentro de um teto totalmente diferente da Série B. Teremos um início de ano com competições regionalizadas e teremos que adequar o orçamento. Vamos conversar com a comissão técnica e definir o planejamento dentro dessa nova realidade que se apresenta. Vamos definir quem pode ser aproveitado na próxima temporada, mas deixando bem claro que as condições financeiras serão diferentes – disse.  
Na busca por recursos financeiros para a próxima temporada, o dirigente fez questão de salientar a dificuldade na busca por patrocinadores e acredita no apoio estatal para viabilizar o ano de 2017 do clube.   

 - Este ano contatamos com apoio muito importante do Governo do Maranhão e somos gratos por isso. Esperamos que o governador Flávio Dino e ele tem dado demonstração disso que continue dando a sua colaboração ao futebol e vamos buscar novamente o apoio da iniciativa privada que ainda não foi possível como gostaríamos – finalizou.   

Bahia x Sampaio Corrêa na Arena Fonte Nova (Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / E.C. Bahia)
Sampaio Corrêa foi rebaixado matematicamente após derrota para o Bahia (Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / E.C. Bahia)
Na temporada 2017, o Sampaio tem quatro competições pela frente. O Campeonato Maranhense, a Copa do Nordeste, a Copa do Brasil e o Brasileiro da Série C.

Nesta Série B, o Sampaio ainda tem mais três compromissos. Joga em casa contra Londrina e Atlético-GO e enfrenta fora o Goiás. O próximo compromisso é diante dos paranaenses, neste sábado, no Castelão, às 17h (horário de Brasília).

Nenhum comentário:

Postar um comentário