quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Empresários lançam oficialmente a Chapa “Atitude em Movimento” para a diretoria da ACM em noite prestigiada e de confraternização

União e priorização dos associados deram o tom dos discursos dos integrantes da chapa 


A disputa interna na Associação Comercial do Maranhão está movimentando a classe empresarial. E não é por menos, a casa, que tem 162 anos de história e, tradicionalmente, conta com chapas únicas nas eleições de diretoria, este ano vai contar com duas chapas. A “Atitude em Movimento”, liderada pelos empresários Vicente Araújo (Grupo Araújo) e André Mendonça (Lavamatic), foi lançada oficialmente e, em grande estilo, nesta segunda-feira (14/11), no Oak Wine, em São Luís, que ficou lotada de empresários e convidados. 

A noite foi marcada pela informalidade e por discursos moderados e aglutinadores dos integrantes da chapa que ressaltaram a união, o desprendimento e a vontade de todos em se dedicarem a causa do associativismo. “Nós não estamos disputando a diretoria da entidade por dinheiro, empregos ou qualquer interesses pessoais. Estamos nessa luta simplesmente para fazer o bem para as pessoas e para os empresários que precisam de uma entidade forte que defenda a todos”, disse André Mendonça. 

O candidato à presidência da ACM, pela chapa, Vicente Araújo, também destacou a necessidade de atrair mais associados para a entidade. “Nós temos um universo de cerca de 60 mil empresas em São Luís e de cerca de 427 mil no Maranhão, mas pouco mais de quatrocentas são associadas. Queremos atrair esses empresários para que possam fortalecer a ACM com ideias, com discussões sobre temas de interesse da classe e também para fortalecer financeiramente e institucionalmente a entidade que é um órgão consultivo e de utilidade pública. 

Tenho certeza de que se os empresários retornarem a casa ela será fortalecida e resgatará todo o seu prestígio”, disse Vicente Araújo. 
 

Para isso foram apresentados pelo primeiro secretário da chapa, Maurício Lopes, os pilares da chapa. “Representatividade; Posicionamento Público; Gestão Participativa; Transparência nas Ações e Priorização dos Associados. “Nós temos um grande desafio pela frente e não mediremos esforços para fazer com que nosso objetivo de melhorar a casa seja bem sucedido e para isso contamos com a participação de todos os empresários”, destacou. 

A necessidade de união e de mobilização foi destacada pelo candidato a vice-presidente para assuntos do desenvolvimento do quadro social, Rafael Sombra. “Em nossa chapa não há lugar para vaidades. Somos um grupo bem heterogêneo, de pessoas de várias idades e pensamentos diferentes, mas todos temos o mesmo objetivo que é trabalhar pela entidade”, ressaltou Rafael que também repassou aos presentes as informações sobre a eleição, como a data de 7 de dezembro, e a necessidade dos associados estarem adimplentes com as suas contribuições associativas para poder votar. 

O empresário Nan Souza, candidato a primeiro tesoureiro, destacou a importância de todos se engajarem na campanha e de participarem das ações da casa. “Todos podem e devem participar e nós estamos à disposição de todos que quiserem participar dessa luta”, destacou. 

A vice-presidente para assuntos do jovem empresário e vice-presidente da Associação dos Jovens Empresários, Luciana Parga Torres, finalizou os discursos sintetizando o espírito da chapa que é fortalecer os empresários, principalmente, os micro e pequenos empresários que precisam de mais atenção e de uma entidade que possa defendê-los e ressaltou a necessidade dos herdeiros de empresas familiares se envolverem desde cedo na entidade. Luciana também destacou a importância da mulher empresária nessa luta. “Temos muitas mulheres empreendedoras, dinâmicas e competentes e precisamos que todas sejam mais atuantes na causa associativista. Contamos com todas vocês na campanha e na Associação Comercial do Maranhão,” declarou. 

A noite foi encerrada em clima de festa e descontração, entre associados e apoiadores e diversos representantes da imprensa, que conversaram, entre outras
coisas sobre os rumos que a Associação Comercial do Maranhão deverá tomar daqui para frente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário