sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Apesar da crise, minimercados e mercearias da Região Centro Maranhense aumentam as vendas

O Sebrae tem orientado empreendedores a implementarem estratégias que tem alavancado vendas no setor varejista. 


O Sebrae, por meio de sua regional em Presidente Dutra, em cumprimento da missão de impulsionar o empreendedorismo na região, tem atendido diversas demandas locais por meio de projetos específicos, dentre eles, destaque para o projeto de Varejo, que vem desenvolvendo ao longo do ano ações de orientações contábeis e marketing, junto a 80 empresas nas cidades de Presidente Dutra e Barra do Corda. 

O objetivo do projeto é desenvolver o segmento de gêneros alimentícios, buscando principalmente elevar o volume de vendas, fidelização de clientes através de inovações tecnológicas gerenciais, como forma de consolidar a empresa no mercado local e regional. 

“São desenvolvidas ações de choque de gestão, de inovação tecnológica e marketing para elevar o número de vendas e fidelizar clientes", afirma o gerente regional do Sebrae em Presidente Dutra, José Noleto. 

Neste ano já foram realizadas consultorias financeiras com objetivo de orientação de preço e gestão, orientações sobre novos procedimentos contábil e fiscais adotados pelo Governo do Estado, automação com soluções viáveis em sistemas informatizado para empresas, pesquisas para constatar o perfil do consumidor, semana da educação financeira e diversos cursos em gestão estratégicas de vendas, atendimento e como conduzir negociações eficazes.
O Projeto também vem conduzindo junto aos empresários, um comitê gestor onde permite que eles se unam, realizem compras coletivas e desenvolvam parcerias. O primeiro passo foi a realização da Rede de Prêmios e Rede de Descontos. Duas ações desenvolvidas através de consultorias e respaldo teórico para aumentar as vendas e fidelizar os clientes. 

Segundo o gestor de projetos, Alan Kennedy, o projeto esse ano deu maior enfoque para a área comercial, considerando os resultados de uma pesquisa realizada junto ao público alvo dos mercadinhos atendidos, surgindo a necessidade de criar ações conjuntas como estratégia de marketing. 

“Uma dessas ações é a Rede de Descontos, que uniu produtos de vários comércios em um encarte, cada um com uma promoção diferente para que as pessoas conhecessem o estabelecimento e soubessem que lá existe promoções. A outra ação assessorada pelo Sebrae foi a Rede de Prêmios, onde os empresários montaram um caixa para comprar prêmios e sortear entre seus clientes", explicou Kennedy. 

Resultados 

Segundo a empresária Suely Nascimento Andrade, proprietária do Mercadinho Estrela, em Barra do Corda, o encarte Rede de Descontos trouxe bons lucros já em sua primeira edição. "Antes da divulgação no folheto eu vendia 10 caixas de cerveja por semana, com a divulgação vendi 50 caixas e na semana seguinte vendi muito mais, pois o produto acabou e ainda ficou cliente querendo", disse Suely.
Já o Mercadinho Mendes, em Presidente Dutra, teve aumento de mais de 50% nas vendas diárias em apenas 20 dias. "Antigamente era desmotivador passar o dia com o comércio aberto e vender quase nada, chegando a vender apenas R$ 180,00 (cento e oitenta reais) por dia, o que não dava nem para pagar os custos diários", disse Luciara Mendes Santos, proprietária do Marcadinho Mendes, contente com o resultado da Rede de Descontos. 

A primeira tiragem da Rede de Descontos e o primeiro sorteio da Rede de Prêmios aconteceu no mês de agosto e continuam até dezembro. As ações estão sendo desenvolvidas nos dois municípios, cada um com sorteios diferentes. 

Até o final do ano o Sebrae ainda irá realizar novas consultorias de planejamento estratégico e marketing de varejo e financeiro, dando continuidade as ações já desenvolvidas nos municípios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário