quinta-feira, 16 de abril de 2015

Nilda Barbalho questiona derrubada de uma Sumaúma


Nilda Barbalho/Foto: Ivan Silva
A vereadora Nilda Barbalho (PV) usou a tribuna da Câmara esta semana para falar com muita tristeza sobre a derrubada de um pé de Sumaúma na rua Rio Negro, fato ocorrido no mesmo instante em que estava sendo realizada a Sessão legislativa. O sentimento da parlamentar era de indignação.

"Sou totalmente contra o corte desta árvore, pois não houve até então, nenhuma justificativa para sua derrubada. Fiquei muito triste quando me deparei com aquela área já isolada e tive que retornar pela rua Demóstenes Braga, em razão de estarem trabalhando para a derrubada. Ali existe uma nascente que dá vida para aquela árvore. Todos lembram que quando derrubaram uma mangueira na Tresidela, quase houve uma guerra na cidade e era para que ali fosse feito o complemento de uma rua. Com a perda do pé de Sumaúma, só posso dizer que estou indignada pela situação e queremos que o Ministério Público tome alguma providência", declarou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário