quarta-feira, 15 de abril de 2015

Derrubada de árvore divide opiniões em Barra do Corda


O secretário de Meio Ambiente, Zé Americano, declarou que o corte da árvore era necessário porque a mesma poderia cair a qualquer momento. 

Samaúma ainda em pé

Barra do Corda - Motivo de discussões nas redes sociais e em vários pontos da cidade, a derrubada de uma árvore na tarde desta terça-feira (14) rua Rio Negro ligando ao centro da cidade ainda divide opinião de muitas pessoas que o blog ouviu. Inicialmente o novo Secretário de Meio Ambiente, Zé Americano, informou ao Barradocordanews.com de que a derrubada era necessária pelo fato da mesma oferecer grande risco para as pessoas que constantemente passam pelo local, uma vez que, esse pé de Sumaúma estava muito inclinado para o lado direito, sentido ponte do Rio Mearim. "Moradores das proximidades já viviam com medo dessa árvore cair a qualquer momento. Sabemos que essa Sumaúma tem uma história para os barracordenses, mas temos de analisar que na somatória geral é melhor preservarmos a vida das pessoas para que não tivéssemos de tirar a árvore só depois de ter acontecido uma tragédia. Lembrando que as raízes dessa Sumaúma não fixam muito no chão e com isso, o risco dela cair era constante", explicou. 

Já por outro lado, muitas pessoas questionam que a derrubada desse pé de Sumaúma não deveria  ter acontecido por ela ter um grande significado para a cidade, sendo uma árvore que mudava as cores de sua folhagem várias vezes por ano. Outros questionam como crime ambiental e que o desmatamento estava nos arredores e que agora já chegou dentro da cidade.

Sumaúma já derrubada

O assunto também foi bastante discutido na Sessão da Câmara Municipal, onde alguns vereadores se mostraram contrário a derrubada como o vereador Eteldo (PTB) que questionou o ato ao mesmo tempo em que denunciou uma fábrica de asfalto na Tresidela e que tem prejudicado as pessoas que moram perto. 

"Eu sou totalmente contra a derrubada dessa árvore que já tinha muitos anos e eu via como uma das coisas mais bonitas da cidade, mas se o secretario quer começar a mostrar trabalho, deveria tomar providências quanto aquela fábrica de asfalto na Tresidela que vem gerando grande poluição e prejudicado a população moradora das proximidades", destacou. 

Já o vereador Raimundo da Rodoviária (PP) disse que conversou com o Secretário de Meio Ambiente e que o mesmo teria lhe informado que a derrubada da árvore foi um ato legal. "O Secretário disse que já havia um requerimento dos moradores relatando o perigo e solicitando providências antes que o pé de Sumaúma pudesse cair e provocar até mesmo a perda de vidas humanas", disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário