segunda-feira, 26 de junho de 2017

Sebrae capacita 400 empreendedores rurais na 11ª Agritec em Barra do Corda

Durante os três dias de evento o Sebrae ofertou uma séries de ações em prol do fomento ao empreendedorismo na região Central do Maranhão.


O empreendedor Valciderlan Sousa, dono de uma propriedade rural a 14 km da cidade de Barra do Corda, participou da 11ª Feira de Agricultura Familiar e Agrotecnologia do Maranhão (Agritec), em Barra do Corda, no período de 22 a 24 de junho, buscando conhecimento para melhorar as atividades já realizadas por ele e conhecer mais sobre o segmento de turismo no campo, pois pretende investir no setor. Valciderlan organiza uma vaquejada em sua propriedade e tem como meta melhorar os serviços prestados e ampliar para outros no segmento de alimentação e hospedagem. Para isso foi em busca de orientações no estande do Sebrae na feira, onde recebeu um atendimento individualizado e participou da palestra empreendedorismo no campo (Turismo Rural).

“Além de organizar a vaquejada, eu crio uma boa variedade de animais em minha propriedade, então, além da festa da vaquejada já ofereço os serviços de alimentação, comida bem caseira e de excelente qualidade, por isso procurei o Sebrae aqui na Agritec pra entender melhor como empreender no meu setor, que é o que eu amo fazer, como melhorar e onde investir mais”, destacou o empreendedor.

Francisca Dalvina de Sousa Silva, empreendedora rural em Barra do Corda, também esteve presente na Agritec, expondo e comercializando seus doces caseiros. Francisca é atendida pelo Sebrae, por meio da regional de Presidente Dutra e já participou do Programa Balde Cheio e do Negócio Certo Rural, pelo qual recebeu a orientação de iniciar essa atividade de doceira. “Essa é a segunda Agritec que participo vendendo meus produtos e sempre consigo ter boas vendas, vendo tudo o que eu trago. Agradeço ao Sebrae por toda orientação recebida tanto do Balde Cheio, como no Negócio Certo Rural, que me fez iniciar o trabalho com os meus doces”, relata Francisca.


Valciderlan e Francisca são apenas dois exemplos dentre os 400 empreendedores rurais capacitados pelo Sebrae durante a 11ª Agritec em Barra do Corda, por meio de consultoria e capacitação empreendedora para o homem do campo.  O evento, promovido pelo Governo do Estado do Maranhão, tem o Sebrae como um dos parceiros em sua realização.

Além dos atendimentos individuais, a equipe do Sebrae, composta por técnicos, consultores e gestores de projetos das unidades regionais de Grajaú e Presidente Dutra, desenvolveu 7 ações durante os três dias da feira.  Além dos atendimentos no estante, a equipe atendeu por meio de palestras e capacitações com temas de interesse do agricultor, como piscicultura, empreendedorismo rural, turismo no campo, pecuária leiteira, bem como a tecnologia Balde Cheio, que atraiu grande parte do público que esteve na feira.

De acordo com a organização do evento, capitaneada pela Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (SAF), cerca de 15 mil pessoas passaram pela feira durante os três dias. Cerca de cinco mil empreendedores e potencial empreendedor rural, empresários e estudantes receberam as capacitações de diversas entidades parceiras.

A gerente regional do Sebrae em Grajaú, Cecília Salata, avalia a Agritec como um evento de grande contribuição de conhecimento para os agricultores e visitantes que estiveram presente. “É fascinante ver como o empreendedor rural tem buscado conhecimento, e principalmente, conhecimento para produzir mais e melhor, pensando sempre na qualidade do produto e serviço oferecido. O Sebrae entende que esse é o objetivo maior da feira da Agricultura, o de oferecer ao agricultor a oportunidade de aprender sobre o seu negócio, além de claro, expor e vender os seus produtos”, ressaltou Salata.

Para o gerente regional do Sebrae em Presidente Dutra, José Noleto, a avaliação do evento é bastante positiva. “Institucionalmente tivemos ganhos significativos com presença do Diretor Superintendente do Sebrae no Maranhão, João  Martins, no primeiro dia da feira, onde reafirmou  parcerias com empresários e instituições locais. Assim, o Sebrae certamente saiu fortalecido, consolidando ainda mais sua forte presença no território”, relata Noleto.⁠

Em Barra do Corda, a coordenação do evento registrou a participação de 25 produtores rurais das cidades de Codó, Jenipapo dos Vieiras, Tuntum, Arame, Formosa da Serra Negra, Grajaú, Itaipava do Grajaú e Barra do Corda expondo na feirinha montada dentro da Agritec, que gerou o volume negócios na ordem de R$ 24.496,00 (vinte e quatro mil e quatrocentos e noventa e seis reais) em vendas para o agricultor familiar, além de 56 estantes e uma movimentação de quase três milhões de reais em operações  realizadas pelos bancos do Brasil e do Nordeste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário