segunda-feira, 31 de agosto de 2015

CASO KAYLANE: ASSASSINO DIZ QUE "O MONSTRO" QUE EXISTE DENTRO DELE FOI MAIS FORTE

Foto: Pinheiro. Réu confesso, Alcino diz que seu lado
monstro falou mais alto, foi mais forte...
Foi revoltante, triste mesmo assistir hoje pela manhã no Programa Bandeira 2, o matador da jovem Kaylane, de maneira fria e até arrogante, confessar o bárbaro crime contra a vida de uma pobre garota de 13 anos. 

Crime que vem repercutindo intensamente e que infelizmente mais uma vez coloca nossa cidade de maneira negativa aos olhos do resto da nação.

O açougueiro e marceneiro Alcino Vilarins de Oliveira, de 49 anos, que confessou ter estuprado e assassinado a golpes de arma branca, Kaylane Ferreira Frazão, de 13 anos. 

O miserável ainda tentou filosofar, justificar seu ato insano dizendo que "todos temos um monstro dentro de nós" e que no caso dele esse monstro teve supremacia, foi mais forte; que o ato sexual com a garota não havia sido satisfatório, então resolveu matá-la. Simples assim!


É pensar, caros leitores, como nossas crianças estão a mercê de malucos, doentes, que não titubeiam em fazer o mal. Pensar que um maldito desses já foi até  candidato a vereador em Imperatriz, nas eleições municipais de 2012. Ainda bem que tirou apenas 11 votos.
Só nos resta apelar para a proteção divina e ser vigilantes com nossos filhos, atentos, pois o mal está nos rondando... Que Deus nos proteja!

Entenda o crime


O corpo da adolescente foi encontrado sem roupa na tarde desse sábado (29), na Vila JK, com perfurações de arma branca no pescoço, barriga e nas pernas. Kaylane, estava desaparecida desde da noite da última sexta-feira (28).

Prisão

O réu confesso, Alcino Vilarins foi preso pela polícia na madrugada deste domingo (30). Em depoimento ao delegado regional de Imperatriz, Eduardo Galvão, contou com frieza que estuprou e matou a menina porque ela resistiu em ter relações sexuais com ele.
Lista com nomes de mulheres

Uma lista com nomes femininos foi encontrada na casa de Alcino Vilarim, o nome de Kaylane era o primeiro da sequência.

De acordo com o delegado regional, Eduardo Galvão, na casa do assassino confesso da menina de 13 anos, foi encontrado, também, um segundo caderno de anotações com termos que se referem a armas e morte. O material recolhido na casa será encaminhado para a perícia.


População incendeia casa de assassino 


A população revoltada incendiou a casa onde residia Alcino Vilarim de Oliveira, que confessou ter assassinado, brutalmente, a menina Kaylane Ferreira, de13 anos.

Na manhã desse domingo, a Polícia Militar (PM) foi informada de um grupo de pessoas iria atear fogo, também, na casa onde mora uma irmã de Alcino Vilarim. A casa fica nas imediações do local em que o corpo da menina foi encontrado.

De acordo com o Capitão Lima, da PM, é grande o fluxo de curiosos em frente à casa dos familiares do assassino.
“A polícia foi chamada pra manter a ordem. O homem já foi preso e vai pagar pelo que crime que cometeu, a família não tem nada a ver com o caso”, disse o oficial.

   
Informações de Josué Moura

Nenhum comentário:

Postar um comentário