quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Deputada destaca a Semana de Aleitamento Materno e o Dia Nacional da Saúde

Nesta semana que teve início a Semana Mundial de Aleitamento Materno, que vai até o dia 07 de agosto, a deputada Estadual Valéria Macedo (PDT) subiu à tribuna, nesta quarta-feira (05), para relembrar o quanto é importante esta iniciativa, sobretudo do poder público, que tem a obrigação de incentivar e garantir essa prática entre as mulheres.

No ano de 2013, em seu primeiro mandato, foi aprovado na Assembleia Legislativa do Maranhão, o Projeto de Lei nº 118/2013, de autoria de Valéria Macedo, que institui a Semana Estadual do Aleitamento Materno, a ser realizada, anualmente, na semana do dia 19 de maio.

DOAÇÃO

Tem por finalidade a reflexão, a agilização, a comemoração e a realização de campanhas de conscientização, sensibilização e publicidade do tema ‘Doação de Leite Materno’ com a realização de debates, palestras e seminários, bem como a promoção de iniciativas visando o aumento de doação de leite materno e o consequente abastecimento dos Bancos de Leite Materno do Estado do Maranhão.

“Algumas mães, principalmente as de bebês prematuros, enfrentam problemas com a produção de leite materno. Por isso, a doação de leite materno é importante porque ajuda a salvar vidas de milhares de recém-nascidos prematuros e de baixo peso que estão internados e não podem ser amamentados pela própria mãe”, disse Valéria.

A deputada aproveitou para relembrar que as ações que estimulem a utilização de leite humano pelas crianças menores de dois anos contribuem para reduzir a desnutrição, a morbidade e a mortalidade infantil e tem que ser promovidas durante todo o ano.

DIA NACIONAL DA SAÚDE

Durante a sessão, em aparte ao deputado Welligton, a parlamentar explicou a importância do dia 5 de agosto, em que se comemora o “Dia Nacional da Saúde”, e que apesar das conquistas na saúde a partir da implantação do SUS, ainda tem que avançar muito e muitas são as carências.  

“Precisamos trabalhar por uma política de estado na captação de recursos dentro das estruturas que já existem para que possam dá a contrapartida para os municípios e que as gerencias funcionem com total eficiência”, disse Valéria Macedo.

De acordo com a deputada, o Sistema Único de Saúde, é fundamental para o avanço na qualidade de vida das pessoas que moram no interior do estado e na Capital. “ Não podemos deixar de ressaltar a importância do SUS nos municípios, que levou programas como Saúde da Família e Saúde Bucal que descentralizou as unidades dando esse atendimento, mas que ainda deixa a desejar por causa da demanda que é muito grande, mas já é um grande avanço”, afirmou.

A deputada também falou que é necessário trabalhar os pontos que prejudicam o desenvolvimento da saúde e a importância dos conselhos de saúde, pois para a parlamentar os conselhos de saúde precisam funcionar efetivamente, pois representam o maior vínculo da gestão pública com a sociedade.

Outro ponto abordado foi a questão relativa ao subfinanciamento da saúde pública no país e no estado. “Hoje o Ministério da Saúde paga um preço muito inferior a realidade dos procedimentos do SUS e tem dificultado muito o atendimento. A demanda é grande e o valor do financiamento muito baixo que não dá para cobrir as despesas.  É necessário trabalhar isso a nível nacional para discutirmos a questão do financiamento do SUS. E trabalhar também a questão dos conselhos de saúde, preciso fortalecer e conscientizar mais uma vez a sociedade da importância dos conselhos porque são eles que direcionam as políticas públicas e onde os recursos devem ser aplicados”, ressaltou Valéria Macedo.

Para finalizar, a deputada voltou a cobrar a realização do concurso público para o setor da saúde do estado. Destacou a importância de formação de um quadro de servidores de carreira enfermeiros, técnicos e auxiliares, médicos, psicólogos, dentistas, e claro com um o plano de cargos e carreiras para o profissional da área da saúde e que somente com o concurso público o profissional terá a devida valorização.

“Fazem 22 anos que não se realiza um concurso público para a área da saúde no Maranhão. Temos que instituir um plano de cargos e carreiras dentro do âmbito nacional e assim chegar aos estados. O exemplo disso é o que venho lutando desde o mandato anterior, que é a realização do grande concurso público na área da saúde. Somente assim a valorização desses profissionais terá êxito e consequentemente o melhorar o atendimento para todos que precisam”, finalizou Valéria Macedo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário