segunda-feira, 30 de maio de 2016

Unidade Regional de Educação de Barra do Corda realiza lotação de novos professores concursados

A Unidade Regional de Educação - URE de Barra do Corda vem realizando desde o início de abril a lotação dos professores concursados no último Concurso Público da Secretaria de Estado da Educação do Maranhão, lançado em novembro de 2015, os quais foram empossados pelo Governo do Estado no final de março do ano em curso. O concurso teve a abertura de 1.500 vagas e contou com a participação de mais de 83 mil candidatos de todo o país.

Os aprovados para os municípios jurisdicionados à URE de Barra do Corda estão sendo lotados em unidades de ensino da zona urbana e rural, com uma carga horária semanal de 40 horas em substituição aos contratados de 2012 e suprindo as necessidades existentes atualmente. 

A Gestora Regional de Educação, professora Eva Lúcia Nunes informou que foram aprovados 68 professores para a URE de Barra do Corda, a qual é formada por 08 municípios, sendo professores 25 para Barra do Corda, 10 para Grajaú, 05 para Jenipapo dos Vieiras, 03 para Fernando Falcão, 07 para Arame, 07 para Itaipava do Grajaú, 03 para Sitio Novo e 08 para Tuntum.

A gestora pontuou "Estamos reorganizando o mapeamento das escolas em todos os municípios, pois os novos concursados tem uma carga horária de 40 horas semanais, das mais diversas disciplinas, em substituição aos professores que trabalhavam 20 horas, esperamos que esses novos profissionais possam contribuir no processo da melhoria e da qualidade da educação de nossas cidades e consequentemente de nosso Estado”, concluiu. 

Maranhão 
 
O governo do Maranhão nomeou esta semana os aprovados no concurso público para professor. Lançado em novembro de 2015, o concurso foi conduzido pela Secretaria de Estado de Gestão e Previdência (Segep) com a abertura de 1,5 mil vagas, para o quadro permanente da Secretaria de Estado da Educação do Maranhão (Seduc). 

Os aprovados serão lotados em unidades de ensino nas zonas rural e urbana de todo o Maranhão. O processo contou com mais de 83 mil inscritos de todo o país. 

“Deste total de docentes que entram agora para o quadro da Seduc, com carga horária semanal de 40 horas, 1.270 das mais variadas disciplinas substituirão 2.540 professores contratados, que cumpriam jornada de 20 horas semanais. Além de inserir na rede escolar profissionais efetivos da educação especial, iniciativa inédita desta gestão. Isto reduz o número de contratos e impacta diretamente na qualidade do ensino que ofertamos”, declara o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário