terça-feira, 6 de março de 2018

Prefeitura de Barra do Corda, INCRA e BNB se reúnem para tratar de demandas em prol dos produtores rurais dos PAs Santa Amélia e Cachimbeiro

Nesta segunda-feira (5), foi realizada na sede do INCRA em Barra do Corda, uma reunião com os pequenos produtores rurais dos PAs Santa Amélia e Cachimbeiro para tratar de assuntos relacionados a fomentos, titulação de terras e financiamentos aos referidos produtores. 

O executor regional do INCRA, Sr. José Lino Braga Pereira, falou do esforço que vem fazendo no sentido de que as solicitações apresentadas sejam atendidas. "Estamos trabalhando em sintonia, inclusive, convidamos para esta reunião, a prefeitura municipal, através do secretário de Agricultura Rivelino do Alim, e o BNB na pessoa do gerente Nataniel, pois são dois órgãos de extrema importância para ajudar os produtores rurais do município, principalmente, os que vivem em áreas de assentamentos.
O gerente, Sr. Nataniel, disse que o Banco do Nordeste  por ser característico da agricultura, vê com bons olhos essa junção de forças e também se dispõe a ajudar o homem do campo.

Já o secretário municipal de Agricultura, Rivelino do Alim, destacou que a prefeitura não medirá esforços para continuar contribuindo com o produtor rural. "A gestão municipal  tem dado todo o suporte necessário para que possamos realizar um trabalho voltado para com o homem do campo, especificamente aqueles da agricultura familiar. Prova disso, foi o comprometimento do prefeito Eric Costa em arcar com as despesas da primeira parcela da negociação das dívidas dos inadimplentes junto ao BNB. Sobre fomentos, informamos que o prefeito Eric e o Superintendente Adjunto do INCRA, Rui Alcides, assinaram um termo de cooperação técnica para que a prefeitura de Barra do Corda dê toda a assistência técnica aos assentados em nosso município. Por fim, estaremos sempre presente e de já nos disponibilizamos a acompanhar esses produtores, quando houver necessidade de ir até São Luís, para tratar das demandas de seus interesses", concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário