sábado, 3 de março de 2018

BARRA DO CORDA: Reconstituição aponta que o ex-prefeito Nenzin foi alvejado na estrada do povoado Narú


As equipes da Delegacia Regional de Barra do Corda, SPCI, SHPP e ICRIM com apoio da Polícia Militar realizaram na manhã desta quarta-feira (2), os trabalhos de reconstituição do crime que vitimou o ex-prefeito de Barra do Corda, Manoel Mariano de Sousa, o Sr. Nenzin.

Desde a tarde de ontem, as equipes já atuavam no sentido de excluir versões incompatíveis e se chegar a versão mais provável de como tudo ocorreu no dia 6 de dezembro de 2017, quando a vítima foi baleada com um tiro na nuca.
Os trabalhos dos peritos descartaram por completo todas as alegações de Júnior, principal suspeito do crime e colocam com muita contundência o vaqueiro Luzivan na cena dos fatos.  

Um fato importante é que a reconstituição ajudou a esclarecer pontos ainda obscuros do assassinato do ex-prefeito, e mostrou o roteiro feito pelos assassinos. 
Diferente do que tinha dito para a polícia, o vaqueiro Luizão esteve em Barra do Corda na manhã do crime, segundo relatos de três testemunhas.
 
O Blog Barradocordanews acompanhou todo o trabalho de reconstituição que terminou no povoado Narú, onde o ex-prefeito Nenzin tinha uma fazenda e iria fazer a conferência do gado justo na manhã em que foi morto.
A polícia acredita que Manoel Mariano de Sousa, o Nenzin, não foi alvejado no Loteamento Moradas do Rio Corda. Uma câmera de um estabelecimento comercial na BR-226, conseguiu captar a passagem da caminhonete Ranger dirigida por Mariano Filho, às 6:17hs da manhã e esta só aparecendo no condomínio, às 7:02hs, ou seja, 45 minutos depois. Pelo que pudemos perceber, durante esse tempo é possível ir e vir da estrada de acesso ao povoado. 
Para a equipe que realizou o trabalho de reconstituição, não há dúvidas de que Nenzin foi baleado na estrada do Narú, em trecho que não há residência nas proximidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário