quarta-feira, 11 de março de 2015

Serviços do Mutirão ‘Mais IDH’ beneficiam moradores de Itaipava do Grajaú


Os serviços oferecidos na primeira etapa do Mutirão ‘Mais IDH’, realizado pelo governo do Estado em parceria com várias entidades, vêm facilitando a vida dos moradores de nove dos 30 municípios com menores Índices de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) do estado. Dentre eles, Itaipava do Grajaú que possui o 18º pior IDHM do Maranhão (0,518).
 
O Mutirão integra o Plano de Ações ‘Mais IDH’ lançado pelo governador Flávio Dino com ações articuladas entre vários órgãos estaduais para melhorar os indicadores dos municípios maranhenses. O Plano representa um novo modelo de gestão com atenção ao interior do estado, promovendo políticas públicas com alcance a todos os maranhenses.

Dentre os moradores beneficiados com as ações em Itaipava do Grajaú está o agricultor José de Arimateia Vieira Martins, 55 anos, participou das ações do Mutirão ‘Mais IDH’ esta semana, onde pôde solicitar e obter de imediato a segunda via da carteira de identidade, em substituição a original que já era muito antiga. Ele também levou três netos, que são criados por ele, para ter acesso aos serviços como emissão do CPF.

“Estou muito agradecido pela realização dessa ação aqui em Itaipava. Se o mutirão não viesse até o nosso município, teríamos que nos deslocar para outra cidade, provavelmente Barra do Corda, para conseguir esses documentos tão importantes. Esse deslocamento é muito difícil para quem mora aqui”, relatou José de Arimateia.

A caixa de supermercado Mônica Rodrigues da Silva, 19 anos, destacou que nessa época do ano o deslocamento para outra cidade é ainda mais complicado, por conta das chuvas, que castigam as estradas da região. “O mutirão está facilitando muito a nossa vida. Principalmente agora, que está chovendo”, frisou.

Em Itaipava do Grajaú, cerca de 60 pessoas por dia estão procurando os serviços de emissão de carteira de identidade e o Cadastro de Pessoa Física (CPF). Além de Itaipava do Grajaú, estes serviços de cidadania estão disponíveis até a próxima sexta-feira (20) em Arame, Lagoa Grande do Maranhão, Jenipapo dos Vieiras, São Roberto, São Raimundo do Doca Bezerra, Santa Filomena, Fernando Falcão e Marajá do Sena.

“A ação está sendo muito bem recebida aqui no município. Está havendo uma grande procura da população, principalmente por carteiras de identidade e CPF. Além dos moradores de Itaipava do Grajaú, moradores de povoados próximos também estão vindo para a cidade em busca dos serviços”, explicou o chefe de execução das unidades  móveis da Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular, Helmo Veloso.

A regularização dos documentos é um passo importante para a cidadania possibilitando o acesso a serviços e garantia dos direitos essenciais. O acesso aos serviços de documentação é apenas uma parte das ações do Mutirão ‘Mais IDH’ que também está levando serviços na área da saúde, educação e assistência social.

Plano de Ação
 
O Plano de Ação ‘Mais IDH’ inclui ações de curto, médio e longo prazo para solucionar problemas históricos dos 30 municípios maranhenses com os piores índices de desenvolvimento, que ao longo dos anos foram abandonados pelo poder público estadual.


Entre as ações está a ampliação e implantação do sistema de abastecimento de água tratada. Atualmente, Itaipava do Grajaú possui aproximadamente 14.300 habitantes e apenas 21,63% da população reside em domicílio com banheiro e água encanada.

Serviços garantem acesso a direitos trabalhistas em Arame

 
O jovem Jorge André Silva Conceição, 19 anos, finalmente realizará o sonho de trabalhar formalmente, garantindo todos os direitos que lhe são assegurados por lei. Ele, assim como centenas de outros maranhenses, aproveitou o Mutirão ‘Mais IDH’ para retirar a carteira de trabalho na manhã desta quarta-feira (11), no município de Arame, há 476 quilômetro da capital São Luís.


Jorge André trabalha há pouco mais de um ano sem carteira assinada como auxiliar de padeiro em um estabelecimento da cidade. Agora que possui a carteira de trabalho, ele poderá a regularizar a situação de trabalho, para acesso formal a benefícios como férias, 13º salário, licença saúde, aposentadoria e outros direitos garantidos por lei.

“Trabalhando de carteira assinada temos mais garantia de futuro, porque vamos poder nos aposentar direitinho. Ainda não tinha tirado a carteira porque aqui tudo é difícil, mas com esse caminhão foi bem rapidinho. No mesmo dia já estou saindo daqui com o meu documento”, comemorou o auxiliar de padeiro de Arame.

Quem também aproveitou as facilidades promovidas pelo Mutirão ‘Mais IDH’ no município de Arame foi a índia Iracema da Silva Guajajara, 45 anos, moradora da Aldeia Barreirinhas. Logo no primeiro dia de ação, ela garantiu a identidade dos seus seis filhos mais velhos e voltou ao local para emitir os documentos dos outros três filhos mais novos.
Na opinião dela, o maior atrativo é a gratuidade do serviço. “Aqui é muito bom porque é de graça. Se eu fosse deixar para retirar os documentos pelo posto aqui da cidade eu teria que pagar. Como não tenho esse dinheiro estou aproveitando o caminhão aqui”, explicou.

Em busca de retirar a segunda via da sua carteira de identidade, o índio Juvenal Guajajaras também elogiou a iniciativa do Governo do Estado. “É muito importante ter esse caminhão aqui oferecendo esse serviço pra gente”, disse.

Já para a dona de casa Juciana Pereira, o maior benefício é a celeridade com que o documento é emitido. “Se fizesse aqui pela cidade só receberíamos a carteira de trabalho depois de dois meses. Fazendo por aqui já saímos com o documento nas mãos. Isso é muito bom”, opinou.

O município de Arame possui o 9º pior Índice de Desenvolvimento Humano Municipal do Maranhão (0,512). A população comemorou a chegada dos serviços para emitir carteira de identidade, cadastro de pessoa física e carteiras de trabalho gratuitamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário