sexta-feira, 13 de março de 2015

NOTA - SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DO MARANHÃO


Sobre transferência de recursos para o município de Caxias, o governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), esclarece que:

1 – Foram transferidos R$ 5 milhões do Fundo Estadual de Saúde para o Fundo Municipal de Saúde para garantir os serviços de atendimento aos pacientes da região. Esta foi a primeira contrapartida do Governo do Estado ao município de Caxias na área da saúde, nos últimos seis anos. Na segunda etapa, o governo deverá transferir mais R$ 4 milhões ao município;

2 – Com o apoio do Governo do Estado, o município de Caxias oferecerá no prazo de três meses tratamento oncológico de quimioterapia, que atenderá à população de 26 municípios: Matões, Parnarama, São Francisco do Maranhão, Timon, Barão de Grajaú, Benedito Leite, Buriti Bravo, Carolina, Jatobá, Lagoa do Mato, Mirador, Nova Iorque, Paraibano, Passagem Franca, Pastos Bons, São Domingos do Azeitão, São João dos Patos, Sucupira do Norte, Sucupira do Riachão, Afonso Cunha, Aldeias Altas, Buriti, Coelho Neto, Duque Bacelar, São João do Sóter e Caxias;

3 – Também serão fortalecidas as frentes assistenciais da rede cegonha devido ao alto índice de mortalidade de recém-nascidos e de urgência e emergência visando reduzir a demanda de pacientes maranhenses, que buscam atendimento no sistema de saúde de Teresina, no Piauí;

4 – A nova política adotada pela governo estadual rompe com a prática utilizada em anos anteriores que resultou no descaso com o sistema de saúde penalizando a população do município de Caxias e parte da região;

5 – A regional de saúde de Caxias também contempla as cidades de Afonso Cunha, Aldeias Altas, Buriti, Coelho Neto, Duque Bacelar e São João do Sóter. A rede de saúde em Caxias possui três hospitais municipais (com serviço de ressonância magnética), uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) municipal, uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e um Centro de Assistência Psicossocial (CAPS);

6 – Por fim, a Secretaria de Saúde informa que o Hospital do município de Peritoró suspendeu temporariamente as cirurgias eletivas devido a problemas no autoclave. No entanto, o hospital permanece oferecendo atendimento, sobretudo, de emergência normalmente à população.

São Luís, 13 de março de 2015.
Secretaria de Estado da Saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário