segunda-feira, 21 de maio de 2018

Governo do Estado e Prefeitura iniciam serviços do Mais Asfalto e revitalização da Rua Rio Purus em Barra do Corda

Representando o governador Flávio Dino, o secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, assinou, nesta segunda-feira (21), ordem de serviço para o início de nova etapa do Mais Asfalto em Barra do Corda. A cidade receberá 10 km de pavimentação que garantirá melhorias na Avenida Beira Rio e nos bairros Nossa Senhora das Dores, Vila Nair e Miguelzinho. 

Outra obra anunciada e bastante aguardada pela população é a recuperação da rua Rio Purus, no bairro Tresidela. Será feito o serviço de drenagem para que a referida via possa ter sua continuidade por completo. O secretário Clayton Noleto esteve no local, para acompanhar o início do trabalho de limpeza da área. Na próxima semana ele estará de volta para apresentar um projeto aos moradores dos serviços que serão executados.
O prefeito de Barra do Corda, Eric Costa, destacou a importância da obra e agradeceu mais essa ação do Governo do Estado. “Nós teremos milhares de famílias beneficiadas com a pavimentação dessas vias. Agradeço novamente por mais essa grande obra que o governador Flávio Dino realiza em Barra do Corda, assim como muitas outras que ele nos trouxe”, disse.

O secretário Clayton Noleto enaltece a coragem e o compromisso do governo. “Nós vivemos em um cenário de crise nacional e o governador Flávio Dino segue investindo em todas as cidades do Maranhão. Ele esteve aqui a poucos dias e prometeu o Mais Asfalto e o serviço de drenagem da rua Rio Purus, para ser iniciado dia 21, estamos cumprindo o que foi prometido. Essa é uma obra simbólica que a comunidade anseia, e essa é uma conquista viabilizada graças à parceria do Governo do Maranhão com a Prefeitura”, concluiu.

Presentes também acompanhando a chegada dessas novas ações do governo estavam: Superintendente de Articulação Regional, Leocádio Cunha, primeira dama, Bruna Costa, gestores de órgãos regionais do estado, secretários municipais, vereadores, empresários, membros da imprensa e demais pessoas da comunidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário