quarta-feira, 20 de maio de 2015

Tumulto na Câmara municipal de Barra do Corda, polícia teve de entrar em ação


Nas últimas semanas, as Sessões da Câmara Municipal de Barra do Corda o que vem predominando é o embate político, como se estivessem já em plena campanha eleitoral.

A Sessão desta terça-feira (19), a galeria estava lotada com partidários dos dois principais grupos políticos da cidade, com clima de muita tensão.


O vereador Paulim Bandeira (PCdoB) vem cantando músicas que na sua própria opinião é sua forma de rebater insultos que lhe são direcionados. Já cantou, Lá vai ele...   Ontem, o comunista cantou, Se gritar pega ladrão...Não fica um meu irmão...

Algumas pessoas e a vereadora Nilda Barbalho (PV) entendem que as músicas cantadas pelo colega de parlamento são direcionadas à sua pessoa. Em seu discurso no dia de ontem, o vereador Paulim disse que se a carapuça tivesse servindo em alguém, pois que fizesse bom uso. Daí, começou um tumulto envolvendo partidários dos dois grupos políticos, havendo insultos, bate-boca, com os ânimos a flor da pele e, sendo necessária a presença da polícia para se evitar um possível confronto dentro da galeria que diga-se de passagem, estava pequena.


Três viaturas da PM esteve no lado de fora do prédio com homens em pontos estratégicos para garantir a segurança das pessoas que ali estavam. Um grupo de policiais ficou dentro da galeria mantendo a ordem.

Pelo visto, tudo o que se viu nesta Sessão foi só aperitivo para o que será as próximas eleições...

Nenhum comentário:

Postar um comentário