sexta-feira, 29 de maio de 2015

Duas das quatro garotas estupradas em Castelo do Piauí correm risco de morte

O diretor do Hospital de Urgências de Teresina (HUT), Gilberto Albuquerque, informou que uma das garotas violentadas em Castelo (a 190 km de Teresina) será transferida para o Hospital São Marcos. A garota de 16 anos é a única que está consciente. Ela teve uma pancada na cabeça, escoriações e contusões por todo o corpo. A menina é uma das quatro adolescentes que foram espancadas e estupradas na tarde de ontem na cidade, supostamente por cinco jovens, sendo quatro menores no Morro do Garrote, no bairro Vila Nova.  A transferência da paciente foi por volta das 13h. 

Segundo o diretor do Hospital, é a única que está com o quadro clínico mais estável. Gilberto Albuquerque disse que todas elas estão com politraumatismos e duas delas estão com risco de morte.


As duas garotas de 17 anos são as que estão em estado mais grave. Uma teve traumatismo craniano, passou por cirurgia e está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). 

Já a outra teve lesões na cervical e múltiplas escoriações pelo corpo e continua inconsciente. De acordo com Gilberto Albuquerque, uma parte do rosto dela esta desfigurada e vai aguardar mais um pouco para ver se fará outra cirurgia. Ela está na semi UTI.  

Uma quarta adolescente, de 15 anos, está com múltiplas lesões e está medicada com analgesia potente (medicamento com base de anestesia que deixa o paciente em estado desacordado). Ela está com um acompanhamento psicológico, em um local isolado da clínica de atendimento intermediária, porque está com sintomas de pânico. 


Há relatos que foram jogadas de um barranco de sete metros.  “Possivelmente a garota que está com lesão cervical pode ter sofrido uma tentativa de estrangulamento e outra está com lesões do pulso indicando que ela foi amarrada”, disse Gilberto, que afirma que por volta das 11 horas os médicos vão se reunir para divulgar um novo boletim. 


Uma equipe da Maternidade Evangelina Rosa chegou ao HUT para fazer exame nas garotas para constatar a violência sexual. Também quem está no hospital é a vice-governadora Margarete Coelho (PP) para acompanhar os familiares e se solidarizar. 

Colhido material genético

O diretor do Departamento Técnico de Criminalística, Antônio Nunes, disse que foram feitos exames de corpo de delito e recolhidos materiais genéticos das quatro adolescentes. 

Segundo Antônio Nunes, é preciso analisar os materiais coletados nas unhas, vaginas e outras partes do corpo das vítimas para confirmar ou não as duas versões levantadas de estupro e tentativa de homicídios. 

“Vamos fazer exames genéticos para confirmar ou não aquilo que se tem até o momento. Pelos exames feitos constatamos que foram lesões contundentes, mas só com ela não é possível dizer quais os objetos foram usados. A perícia criminal foi ao local do crime e lá podem encontrar algum objeto que possa ter sido utilizado, mas ainda não tenho essa informação”, disse o diretor do Instituto de Criminalística. 

Ele afirma, no entanto, que as garotas estão bastante machucadas. “São várias lesões contundentes em vários pontos do corpo que podem ter sido provocadas por pedra, paus, arrastando, jogadas de batendo com a cabeça, mas é difícil dizer só com esse exame, temos que juntar às provas”, afirmou Antônio Nunes. 

NOTA DO GOVERNO – CASO CASTELO DO PIAUÍ
O Governo do Estado do Piauí lamenta e se solidariza com as famílias e as vítimas desse trágico crime no município de Castelo do Piauí. Assim como todos os piauienses, estamos chocados e desejamos a devida punição ao responsáveis o mais rápido possível. 
Assim que tomou conhecimento do crime, a Polícia Militar iniciou a perseguição aos suspeitos. Além do Grupamento da Polícia Militar de Castelo, foram deslocados para a cidade três outras equipes, além do Gerente de Policiamento do Interior, delegado Willame Moraes para dar apoio ao trabalho do delegado regional, Laércio Evangelista.
Nós da gestão estadual daremos todo o apoio necessário às famílias e colocaremos todo o empenho da polícia na resolução do crime e prisão de todos os envolvidos.

Wellington Dias
Governador do Estado do Piauí
Margarete Coelho
Vice-governadora do Estado do Piauí 

Redação Caroline Oliveira, Cidade Verde

Nenhum comentário:

Postar um comentário