sexta-feira, 29 de maio de 2015

Sebrae e CNPq abrem inscrições para bolsistas do Programa ALI


O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Maranhão (Sebrae) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) abriram inscrições para captação de bolsistas para atuarem como orientadores e agentes para o terceiro ciclo do Programa “Agentes Locais de Inovação” (ALI), cujo objetivo é promover a prática continuada de ações de inovação nas empresas de pequeno porte.

Ao todo, são 20 oportunidades para agente efetivo e uma de orientador para atuar em São Luís, Bacabal, Balsas, Caxias, Timon e Imperatriz. Neste certame, também haverá seleção para composição de cadastro de reserva – 10 vagas.

O processo seletivo será conduzido pela MGA Concursos, instituição contratada para esse fim e as inscrições podem ser feitas até o dia 16 de junho, pelo site www.mgaconcursos.com.br. As informações sobre inscrições e todas as etapas do seletivo serão fornecidas exclusivamente pela MGA Concursos.

Os Agentes Locais de Inovação (ALI) tem como foco promover a inovação nas pequenas empresas. Eles são bolsistas do CNPq, na modalidade extensão país, e serão capacitados pelo Sebrae. Cada um deles, acompanha um conjunto de até 40 empresas, definido estrategicamente pelo Sebrae. O Programa ALI tem abrangência nacional e está consolidado como estratégia de competitividade para as pequenas empresas.

Atuação

O Programa ALI terá duração de até 31 meses, sendo um mês de capacitação e 30 meses de atuação em campo. Durante o período de atuação em campo, a missão dos ALI’s será prospectar, conhecer, avaliar e acompanhar pequenas empresas em todo o estado, sob a supervisão de um consultor sênior.

De acordo com a gestora do programa ALI no Maranhão, Danielle Abreu Leite, o programa capacitará até 30 candidatos, entre os quais 20 serão selecionados para o trabalho de campo. “Ao longo da capacitação, os candidatos serão avaliados e os 20 com melhor desempenho, serão efetivados como Agentes Locais de Inovação. No período de capacitação será paga uma bolsa de R$ 2 mil e, após, receberão bolsa de R$ 4 mil por até 30 meses após a capacitação, observando-se as regras estabelecidas no edital”, explicou.

No período de vigência do Programa, o desempenho dos agentes será sistematicamente avaliado por instrumentos de acompanhamento e avaliação de resultados.

Os principais pré-requisitos para a oportunidade de orientador são ser graduado há mais de seis anos, ter o título de mestre ou doutor em qualquer área, ter experiência na área de inovação e tecnologia, já ter atuado como orientador de graduandos, pós graduandos ou mestrandos, entre outras exigências especificadas no edital de abertura do processo seletivo.

Já para os Agentes Locais de Inovação, os principais pré-requisitos são ser graduado no máximo há três anos; estar desvinculado do mercado de trabalho no último dia útil do mês anterior ao inicio da capacitação; ter disponibilidade para participar de 100% da Etapa de Capacitação, em tempo integral, entre outras exigências constantes no edital.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (44) 3346-6643, de segunda a sexta-feira das 9h às 12h e das 13h às 17h, ou pelo e-mail: contato@mgaconcursospublicos.com.br.
O Imparcial

Nenhum comentário:

Postar um comentário