sexta-feira, 1 de maio de 2020

Justiça aciona Bolsonaro para mostrar provas de fraude nas eleições de 2018

Se eu não tivesse [as provas] eu não falaria, meu Deus. Eu sei do peso do que eu falo”, insistiu o presidente

Jair Bolsonaro (Foto: Alan Santos/PR)

O deputado federal Célio Studart (PV-CE) entrou uma ação popular na Justiça Federal do Ceará exigindo que o presidente Bolsonaro apresente provas de fraudes nas eleições de 2018. Bolsonaro afirmou, em março, durante uma palestra em Miami, nos EUA, que teria “nas mãos” evidências de foi eleito no primeiro turno das eleições de 2018. A petição foi protocolada no começo da noite de quinta (30).

“O Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, dirigiu – em mais de uma oportunidade severas críticas ao sistema de votação por meio da urna eletrônica, adotado no Brasil. O Presidente é um detrator contumaz da transparência deste sistema”, diz o texto da petição. 

“Se o Presidente de fato possui tais provas, estas seriam capazes que colocar sob questionamento todas as eleições realizadas por meio das urnas eletrônicas. No entanto, se não possui elementos para tanto e o faz com fito difamatório ou calunioso, está atentando contra a democracia”, segue o texto. 

“Por tais fatos, torna-se imprescindível que o Presidente da República seja devidamente acionado e instado à tutela específica de obrigação de fazer, notadamente trazer aos autos provas e esclarecimentos sobre as acusações ao sistema eleitoral brasileiro”, intima o deputado no documento.


Nenhum comentário:

Postar um comentário