segunda-feira, 18 de maio de 2020

Padre Bráulio, pároco da Cidade Olímpica, morre vítima da Covid-19

Morre aos 66 anos de idade o Padre José Bráulio Sousa Ayres

Morreu nesta segunda-feira (18) devido uma insuficiência respiratória em decorrência do novo coronavírus, o padre Bráulio Sousa Ayres, de 66 anos. Recentemente, ele exercia a função de pároco da Paróquia Santíssima Trindade, na Cidade Olímpica. Natural de Penalva, a 255 quilômetros da capital, o religioso havia feito ordenação presbiteral há 39 anos. 

“De certa maneira, fomos pegos de surpresa, uma vez que as notícias recentes sobre a evolução da doença eram bastante positivas. A Arquidiocese de São Luís do Maranhão deve muito ao padre Bráulio. Se pudermos sublinhar uma das suas importantes atuações em favor dela, chamaríamos a atenção pela importância de padre Bráulio na retomada da formação de novos presbíteros, não só para a Arquidiocese de São Luís, mas para todo o Maranhão”, informou nota de falecimento da Arquidiocese.

A nota assinada por Dom José Belisário da Silva, arcebispo metropolitano de São Luís do Maranhão, e Dom Esmeraldo Barreto de Farias, bispo auxiliar da Arquidiocese, reforçou o luto pela morte do padre Bráulio para a família e toda a comunidade. “Consolemo-nos mutuamente. Descanse em paz, padre Bráulio. Você foi um grande lutador. Que Deus o acolha em seu seio”, diz.

MA 10

Nenhum comentário:

Postar um comentário