domingo, 31 de maio de 2020

DESENVOLVIMENTO | Empresários investem em abatedouros na cidade de Barra do Corda


A cidade de Barra do Corda e região já conta com dois Abatedouros Frigoríficos, Frigotal e Ribeiro, ambos de bovinos, e um terceiro que está na fase final de conclusão, o Abatedouro R. A, especializado no abate de suínos. Investimentos que além de contribuir com a expansão dos negócios, proporciona geração de emprego e renda.

O primeiro  a receber o Título de Registro no Serviço de Inspeção Estadual (SIE) foi o Frigorífico Frigotal. Recentemente o Abatedouro Ribeiro também teve seu registro concedido pela Agência de Defesa Agropecuária (Aged). Ambos podem realizar a comercialização de seus produtos em todo território estadual. 

Continue lendo... 



A Dra. Daniela Guedelha, Fiscal Estadual Agropecuária, destaca a importância do serviço de fiscalização. "É a garantia de termos um produto de qualidade que chegará com segurança até o consumidor. Antes havia uma resistência por parte da população em adquirir  a carne já com uma certa temperatura, mas que agora entendem sobre a importância da certificação de inspeção sanitária", disse.

Dr. David Hans, vem acompanhando os abates e inspecionando os produtos fabricados pelo Abatedouro Frigorífico Ribeiro. "Observamos o trabalho dentro da normalidade e com a certeza  de que as pessoas irão consumir um produto sem nenhum risco para sua saúde", pontuou.


Qualidade da carne suína

Com obras, consideradas bastante adiantadas, o Frigorífico R. A, especializado no abate de suínos, reforça a geração de emprego e renda no município e região. O empreendimento do empresário Paulo Rogério está em fase de finalização. “Estamos bem próximo de concluir a obra, onde tudo está sendo feito de acordo com as orientações dos órgãos de controle. Uma boa e importante alternativa é de que  trabalharemos com energia renovável", disse.


O gestor Regional da Aged, Dr. Nilberto Castilho, lembra dos benefícios que a fiscalização promove e o desenvolvimento do setor de abate. "Esse serviço leva ao consumidor, produtos de origem animal sem enfermidades que possam prejudicar a saúde da população. Sobre a importância dos estabelecimentos, é que nesse momento difícil da nossa economia vemos o setor agropecuário investindo e criando novos empregos dentro das normas de saúde pública", concluiu.


Nenhum comentário:

Postar um comentário