domingo, 23 de outubro de 2016

Goleiro Rodrigo Ramos fala em "gosto amargo" após empate diante do Tupi

Tricolor teve um a mais durante o segundo tempo, mas não conseguiu vitória e segue na última colocação do Brasileiro da Série B. Partida era considerada de "seis pontos"

 
Por
São Luís, MA
 

O empate contra o Tupi, jogando em casa durante todo o segundo tempo, não foi bem digerido pelo Sampaio Corrêa. Logo na saída de campo, o capitão do time, Rodrigo Ramos, avaliou o resultado e não escondeu a sensação de ter saído com uma derrota.
 
- O empate é sempre bom, mas em outras situações. Na situação que nós estamos, e, pela situação do jogo onde tivemos uma mais todo o segundo tempo, acaba sendo ruim. O resultado acabou sendo ruim para gente – disse.

 
Tupi-MG, Sampaio Corrêa, Série B (Foto: Felipe Couri/tupifc.esp.br)
Tupi-MG e Sampaio Corrêa empataram em 1 a 1, na tarde deste sábado, em Minas (Foto: Felipe Couri/tupifc.esp.br)
Apesar do gosto amargo do resultado, o goleiro faz questão de dizer que o grupo não está entregue. Para ele não é hora de se abater e a luta deve ter sequência.
 
- A gente continua na luta. Se entregar jamais. Agora, fica um gostinho amargo pelo resultado, mas seguimos lutando – finalizou.
 
Último colocado, o Sampaio chegou aos 27 pontos e está a sete pontos de distância do Oeste, primeiro time fora do Z-4 na Série B.
 
O Sampaio tem como próximo adversário o Vila Nova, em rodada atrasada (28ª), nesta terça-feira. O confronto está agendado para o Estádio castelão, às 20h30 (Brasília).
 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário