sexta-feira, 3 de julho de 2015

Gil Lopes destaca importantes eventos realizados em Barra do Corda sobre meio ambiente



Barra do Corda - O Presidente da Câmara Municipal de Barra do Corda, Gil Lopes (SD) enalteceu os importantes eventos ocorridos nos últimos dias em Barra do Corda que tratam de questões ambientais e se posicionou contrário a construção de uma barragem na cidade. 

"Não tivemos como falar na Sessão anterior sobre a 1ª Conferência Municipal de Meio Ambiente que foi realizada em Barra do Corda depois de 180 anos, e com isso parabenizar o secretário Zé Americano por tal iniciativa e dizer que o prefeito mostra que age de forma democrática. Na Conferência estiveram presentes vários ambientalistas como Josean, Enio, Promotor Dr. Tharles, representante da polícia e representante da Secretaria de Estado de Meio Ambiente. Como alerta cito que nas saídas de nossa cidade tanto para  Fernando Falcão, Presidente Dutra e Grajaú as pessoas estão jogando lixo em locais impróprios e desta forma prejudicando nosso meio ambiente. Parabenizar os alunos do IFMA que participaram de um momento ímpar", disse.

Gil também se pronunciou sobre uma audiência realizada no último sábado (27), para tratar da construção de uma hidrelétrica e entende que a mesma trará prejuízos para a população. "Ouvimos os depoimentos de algumas pessoas da cidade, presidente do STTR e moradores ribeirinhos para debater sobre o assunto e pudemos sentir o clamor daqueles que irão sentir os danos causados pelo impacto ambiental com essa construção. Sabemos que precisamos de indústrias que se instalem aqui mas é preciso analisar o resultado de tudo isso. Hoje temos carvoeiras que se beneficiam de nossas áreas e depois da devastação vão embora. Os danos, as consequências, não será os ganhos com o ISS, temos de pensar nas pessoas que tem suas propriedades, pescadores, criadores e os danos na saúde com o mosquito transmissor da malária. Nosso pedido é de que a empresa faça uma audiência com a sociedade aqui nesta casa legislativa que tem acompanhamento da imprensa, pois precisamos discutir com pequenos lavradores. Disseram que enviaram convite para os vereadores, mas eu quero que seja discutido com a sociedade, precisamos de um técnico ambientalista para discutir junto conosco. Respeito a posição dos que apoiam, mas não concordo com essas questões prejudiciais", concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário