quinta-feira, 19 de abril de 2018

Mafiosos se dedicam a atacar Secretaria de Saúde para esconder seus crimes bárbaros, diz Flávio Dino



O governador Flávio Dino se manifestou sobre a sequência de ataques feita pelo império midiático da família Sarney e seus subservientes em relação a saúde no Maranhão. A sanha desesperada deles é saber que, em apenas três anos e meio, o atual governo aumentou em 40% o números de leitos no estado e melhorou a vida de muitos maranhenses.

“Por que notórios mafiosos se dedicam a atacar a Secretaria de Saúde? Para esconder seus crimes bárbaros e para tentar voltar ao poder a qualquer preço. São pessoas abjetas, que só pensam em suas fortunas pessoais e seus privilégios”, disparou o governador nas redes sociais.

Flávio Dino se refere, sobretudo, aos crimes cometidos durante os 50 anos de oligarquia Sarney, que, além de surrupiar os cofres públicos de todas as formas, deixaram o Maranhão com os piores índices sociais do Brasil. Esse talvez tenha sido o maior crime cometido pela máfia.

Além disso, a indignação de Dino também diz respeito ao esquema montado na saúde pelo ex-secretário Ricardo Murad, classificado pela Polícia Federal como chefe de organização criminosa que roubou R$ 1,2 bilhão dos cofres maranhenses. As investigações sobre os supostos esquemas na saúde tiveram início exatamente no governo Roseana.

A revolta de Flávio Dino com a postura infame dos sarneyzistas tem razão de ser.
GilbertoLima

Nenhum comentário:

Postar um comentário