.

.

segunda-feira, 13 de março de 2017

Violência em Santa Inês: dois homicídios e uma tentativa de assassinato em menos de 12 horas

Três crimes registrados na cidade de Santa Inês em menos de 12 horas chocam a população. Foram dois homicídios e uma tentativa de assassinato.

O jovem identificado como Thiago Carneiro Lima, conhecido pela alcunha de Tiririca,  foi morto na manhã deste domingo (12) com 4 tiros. Segundo testemunhas, Thiago andava por uma rua da quadra 24, no bairro Cohab, quando foi surpreendido por dois homens em uma motocicleta. O garupa já chegou atirando. O jovem tentou fugir entrando em um estabelecimento comercial, mas o atirador invadiu o comércio. A polícia investiga a motivação.

Ainda neste domingo, por volta das 7h, um mototaxista ainda não identificado foi encontrado gravemente ferido em uma rua nas proximidades do local conhecido como academia do Bringel, na entrada da cidade, sentido São Luís/Santa Inês. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal, populares informaram sobre a vítima aos policiais que faziam patrulhamento na BR 316.

Ainda de acordo com a PRF, o homem apresentava ferimentos pelo corpo, causados por objeto pontiagudo. A vítima foi encontrada ensanguentada e agonizando no meio da rua. O Corpo de Bombeiros foi acionado e o mototaxista foi levado ao hospital municipal.

A motocicleta da vítima não foi encontrada levando a polícia a acreditar que ele tenha sido vítima de assalto. Como deve ter tentado reagir, terminou sendo esfaqueado.

Na noite de sábado (11) a jovem Marta Regina, 23 anos, foi assassinada a golpes de faca em um bar nas proximidades do local conhecido como Cotia Pelada, no bairro São Cristóvão, na periferia de Santa Inês. Uma adolescente de 17 anos teria cometido o crime.

Segundo informações de testemunhas, vítima e suspeita estavam no bar em mesas e grupos diferentes. Em um dado momento as duas brigaram. Não se sabe, ao certo, o motivo da confusão. A adolescente, que teria levado a pior no confronto, deixou o bar. Ainda segundo testemunhas, ela teria ido pegar uma faca. Minutos depois a menor voltou ao local da briga. Marta continuava lá.

Iniciou-se uma nova confusão. E, desta vez, Marta Regina foi esfaqueada. A manicure chegou a ser levada ao Hospital Municipal de Santa Inês, mas não resistiu.

Um segurança do bar que tentou evitar que a adolescente cometesse o crime também teria sido ferido, mas passa bem.

Informações de Daniel Aguiar

Nenhum comentário:

Postar um comentário