quarta-feira, 24 de junho de 2015

Sebrae apoia Festival da Mandioca em Grajaú

Curso e consultorias fez parte da programação do II Festival da mandioca que foi realizado no último dia 06 de junho


Como forma de estimular a visão empreendedora do homem do campo e também para oferecer capacitação acerca da mandiocultura, o Sebrae através de sua Unidade Regional em Grajaú apoiou a 2ª edição do Festival da Mandioca que foi realizado no último dia 06 de junho no povoado Angico, na zona rural do município, em parceria com o Senar.

Durante o evento, os produtores puderam participar da palestra sobre a “Cultura da mandioca” que foi proferida pelo consultor Nelson Alencar. Ainda como parte da programação, durante toda a semana seguinte, ele também esteve na localidade oferecendo curso e consultorias aos produtores da Comunidade Angico e da região.

De acordo com o gerente da Unidade do Sebrae em Grajaú, Wamberg Amaral, é importante que eventos como esse sejam incentivados pela instituição. “A partir dessa capacitação, os produtores de mandioca do povoado Angico vão encontrar subsídios para melhorar o processo de produção, o manejo e a comercialização da mandioca cultivada aqui. Eles tiveram essa oportunidade e, caso precisem e manifestem o interesse, o Sebrae continuará sendo parceiro, disponibilizando mais capacitações”, destacou.

Para o vice-presidente da Associação de Moradores do Povoado Angico, Raimundo Conquista da Silva, o evento ganhou ainda mais força com a presença e apoio do Sebrae durante o evento. “Tivemos a ideia de preparar este evento como forma de divulgar nossa produção e de vender o que é produzido aqui na comunidade. Este ano, estamos tendo o apoio do Sebrae e com certeza a partir desse curso vamos poder melhorar a produção da mandioca, da farinha e a busca de mercados para vender nossos produtos”, comentou.

Durante o curso de 60hs, os produtores puderam aprender várias técnicas de manejo da mandioca assim como conhecer e aprender a fazer diferentes tipos de farinha, além de discutir ideias para distribuir a produção em toda a região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário