domingo, 20 de dezembro de 2015

Governo divulga resultado final da eleição para gestor escolar

Estudante João Victor destacou importância do processo eleitoral. Foto: Handson Chagas/Secom
Estudante João Victor destacou importância do processo eleitoral. Foto: Handson Chagas/Secom
O Governo do Maranhão, por intermédio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), divulgou, na sexta (18), o resultado geral da eleição para a função de gestor escolar nos centros de ensino do Sistema Estadual de Educação

A consulta ocorreu no dia 10, com ampla participação de pais, estudantes e profissionais da educação de todo o estado. A lista nominal por Unidade Regional de Educação, município, escola e cargo está disponível no site da Seduc (www.educacao.ma.gov.br).

Para a secretária de Estado de Educação, Áurea Prazeres, todo o processo seletivo para a função de gestor escolar, que teve início em janeiro com decreto do governador Flávio Dino, representa um marco para a gestão educacional. “Vivemos um momento histórico que fortalece o compromisso político e pedagógico da gestão participativa e democrática, assumido pelo Governador Flávio Dino, que irá refletir na melhoria da qualidade do ensino e da aprendizagem”, ressaltou.

A secretária também enfatizou que, além das eleições, o processo contou com ações formativas, exame de certificação, debates e vídeo conferências com as regionais, palestras e eleições simuladas com ampla participação dos pais, professores, estudantes e gestores. “Todo o processo foi idealizado no sentido de construir uma escola melhor, mais democrática, onde todos possam realmente participar da missão primordial da escola, que é garantir a aprendizagem de seus estudantes”, realçou Áurea Prazeres.
Sobre o processo de eleição, a coordenadora do comitê de execução Francisca Lima, lembrou que os gestores eleitos tomarão posse nas Unidades Regionais das quais fazem parte e assinarão um contrato de gestão com o mandato de três anos e o termo de posse. “A ampla participação da comunidade escolar no processo de eleição direta para gestores representa um grande avanço para a história da educação”, comemorou.

Ela frisou ainda que os planos de melhorias entregues pelos candidatos no ato de inscrição das chapas serão acompanhados por uma equipe técnica da Seduc para validar as ações pedagógicas.

Novas eleições

Três escolas estaduais terão nova eleição direta, na quarta-feira (23), para os cargos de gestores escolares. São elas: CE Anna Bernardes (Unidade Regional de Educação – URE Timon), CE Joana Batista Dias (URE Pinheiro) e CE Newton Neves (URE Itapecuru).

A eleição nessas escolas ocorre devido ao parecer favorável da Superintendência de Assuntos Jurídicos da Seduc ao recurso administrativo interposto pelos candidatos, para que nova eleição fosse feita e os candidatos não fossem prejudicados nos seus pleitos.

Algumas escolas não tiveram candidatos eleitos por falta de quórum. Nesses casos, conforme o Edital nº 003/2015, Art. 54, o quórum eleitoral mínimo de comparecimento para a homologação da eleição será de pelo menos 50% dos eleitores constantes na lista de aptos a votar por categoria, ficando determinado também que na ausência desse quórum não haveria candidatos eleitos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário