terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Terror no Piauí: Bandidos explodem dois carros-fortes em ações simultâneas e levam R$ 1 milhão



Na tarde desta segunda-feira (19), criminosos explodiram um carro-forte na BR- 343, entre os municípios de Altos e Campo Maior, na região norte do Piauí.
Motoristas que passavam pelo local logo após o crime fizeram vídeos que mostram o veículo ainda em chamas. O crime aconteceu em um local conhecido como "Curva da Raposa".

Dois carros-fortes foram atacados por bandidos na tarde desta segunda-feira (19) na BR-343. Os assaltos foram praticamente simultâneos. O primeiro aconteceu entre as cidades de Altos e Campo Maior. Já o segundo foi na localidade Estaca Zero, próximo ao município de Água Branca.
Na BR-343 os assaltantes usaram explosivos para ter acesso ao dinheiro que estava sendo transportado. Equipes da  Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Polícia Militar foram ao local. O Corpo de Bombeiros também foi acionado para ajudar na remoção do veículo que interditou parte da pista.
De acordo com informações da PRF, um dos vigilantes do carro-forte saiu ferido durante um tiroteio. O major Etevaldo Alves, comandante do 15º BPM em Campo Maior, disse que o ataque ao carro-forte aconteceu na Curva da Raposa, já no município de Altos. Pelo menos 4 bandidos participaram da ação.

"O carro que eles usaram, um SUV de cor vermelha, foi encontrado incendiado perto da localidade 3 Irmãos", disse o major.
Segundo ele, populares informaram que os bandidos fugiram em motocicletas levando o dinheiro do carro-forte. Policiais do Greco, PRF, PM e Polícia Civil estão em busca dos assaltantes. "Continuamos em diligência com todo o aparato da polícia", relatou.

O inspetor da Polícia Rodoviária Federal, Tony Carlos Cavalcante, informou ao Cidadeverde.com na noite desta segunda-feira (19) que os criminosos levaram mais de R$ 1 milhão na explosão a um carro-forte na BR-343.
"Eles levaram pelo menos R$ 1,2 milhão do carro-forte que vinha de Piripiri a Teresina. Pela perfuração das balas, eles usaram armas do Exército. Os relatos são de muitas rajadas de metralhadora", disse o inspetor.

Da explosão de Alagoinha, dois seguranças também foram feridos, mas passam bem. Trecho da BR-343 foi interditada, mas por volta das 19h, equipes da PRF liberaram a via.
Com informações do Cidade Verde

Nenhum comentário:

Postar um comentário