quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Clínica Biocentro - Por que devemos fazer checkup com frequência?

O conceito de saúde vai muito além da ausência de doenças. Ele engloba a qualidade de vida e bem-estar. Para isso, fazer checkup médico regularmente ajuda não só a diagnosticar uma possível enfermidade como também a buscar a longevidade.

Procurar um médico somente ao se sentir mal é muito arriscado para a saúde, pois muitas doenças só apresentam sintomas após um grau mais avançado, dificultando o tratamento.

Neste post vamos tratar da importância do checkup na saúde e sobre os exames mais comuns. Quer saber mais? Então, confira!

O que é checkup?

É uma bateria de exames solicitados pelos médicos que podem ser feitos a partir da coleta de sangue, como o hemograma, de outros fluidos do corpo, como o de Papanicolau, de imagens, como raios X, ou físicos, como o de palpação do abdômen, por exemplo.

Existe uma infinidade de exames, cada um com intenção de averiguar uma parte do corpo ou alguma alteração específica.

Para que serve?

Ele tem o objetivo de saber se está tudo bem com o organismo ou se existe alguma modificação que possa ser preocupante.

Ele também serve para o acompanhamento de doenças já diagnosticadas e no pré e pós-cirúrgico, auxiliando o médico a propor o tratamento mais adequado.

Por que ele é tão importante?

Ele é fundamental para evitar que se descubram doenças quando já estão trazendo muitos prejuízos à saúde. Ou seja, no caso de haver algum problema ainda no início, é possível tratar de maneira mais eficaz.

Também é necessário para que sejam vistas alterações no corpo que podem trazer doenças mais graves no futuro, como o colesterol alto, que pode ocasionar um infarto.

Desse jeito, o checkup ajuda o tratamento a ser feito no tempo ideal para diminuir as chances de acontecer algo pior.

Vale a pena dizer que ele pode não evitar certas doenças, mas mesmo assim é essencial para o monitoramento da saúde.

Quais exames são feitos?

Os exames são solicitados pelo médico de acordo com o perfil do paciente, mas existem os que são pedidos com maior frequência. A seguir, veja alguns deles:

Hemograma completo

É a análise dos componentes do sangue, tanto dos glóbulos vermelhos quanto dos brancos. Com ele é possível detectar anemia, presença de inflamação, baixa de imunidade, entre outros.

Lipidograma

Ele dá todo o perfil de gorduras presentes no sangue, como as variações de colesterol (LDL, HDL e total) e os triglicerídeos. É importantíssimo para a prevenção de doenças do coração.

Glicose de jejum

Serve para monitorar os níveis de glicose no sangue porque, quando elevada, pode evoluir para diabetes; quando abaixo do normal pode levar a quadros de hipoglicemia.

EAS (elementos anormais do sedimento)

É um dos tipos de exame de urina que verificam a presença de glicose, proteínas, cetonas, sangue e outros elementos que não devem estar nela normalmente. Dessa forma, o médico consegue analisar o funcionamento dos rins.

Ultrassom abdominal

Com um aparelho de ultrassom é possível visualizar com nitidez o interior do abdômen e verificar se há algo de errado com os órgãos, podendo assegurar a saúde deles.

Com que frequência é preciso fazer checkup?

Para isso você deve procurar um médico que vai considerar o seu histórico clínico e familiar para pedir os exames adequados ao seu perfil.

A partir dos 40 anos, é necessário fazer checkup com maior regularidade, pois é quando podem aparecer mais doenças devido à idade.

Aliás, ele também deve ser frequente em pessoas que já apresentem alguma enfermidade ou algum exame com resultado desfavorável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário