sábado, 7 de outubro de 2017

Polícias de Barra do Corda e Grajaú prende quadrilha e recupera carga roubada

Após condução inicial da Policia Militar de Grajaú, a duas pessoas suspeitas de envolvimento com uma carga de secos e molhados, roubada esse final de semana, de propriedade do Grupo Matheus, Carga roubada no município de Sitio Novo, sendo que parte dessa carga foi apreendida com os dois conduzidos, Foi iniciada uma operação entre Polícias Civis de Grajaú e Barra do Corda, coordenadas pelos Delegados Dr. Renilto Ferreira e Dr Kairo Clay com suas respectivas equipes de capturas, onde conseguiram recuperar toda a carga roubada no assalto, bem como identificar todas as pessoas envolvidas, desde os assaltantes aos mandantes e receptadores, identificando ainda entre os envolvidos, varias deles já com mandados de prisão por outros crimes como homicídios, etc.

Fora preso como suspeito de participar do assalto a carga citado o Ex Policial Militar do Estado do Pará, CARLOS ALBERTO LIMA COELHO. O mesmo possui mandado de prisão por homicídio qualificado, tendo sido condenado a 57 anos de prisão por pistolagem em tal Estado e estava foragido. 
 
Foram presos pelo crime de receptação os indivíduos ROGÉRIO LIMA ARAÚJO, JOELSON ALMEIDA SILVA, CLEITON SILVA REIS, conhecido por "CARECA" (empresario de Barra do Corda) e CHARLES FREITAS SILVA* (esse último com mandado de prisão por homicídio na cidade de Imperatriz).
 
Ainda esta sendo investigado por crime de Receptação o empresário e pecuarista de Itaipava do Grajaú, Sr. RAIMUNDO NONATO ARAÚJO DE SOUSA*, conhecido por *"MAGNO"*, que teria adquirido toda essa carga roubada, avaliada em cerca de aproximadamente 120 mil reais, pelo valor de apenas 59 mil reais.
São apontados como mandantes desse assalto e gerenciadores da carga roubada as pessoas conhecidas por: VALDIVINO SILVA e ILDEGLAN (ambos de Grajaú). 
 
Foram identificados como membro do grupo que teriam realizado o assalto ao caminhão, além do policial CARLOS ALBERTO, as pessoas até então conhecidas por ROGÉRIO, ALEX e RONI (todos de Imperatriz, sendo o último do Bairro Lago Verde) além de mais duas pessoas não identificadas até o momento da investigação.
  •  
As investigações continuam, com o objetivo de identificar o resto do bando que atuou nesse assalto e demais esclarecimentos necessários para o desmantelamento dessas quadrilhas que atuam nesse ramo ilícito em nossa região.

Informações da 15ª Delegacia Regional de Barra do Corda

Nenhum comentário:

Postar um comentário