segunda-feira, 22 de julho de 2019

Artigo do governador: Justiça social, a nossa luta

 Resultado de imagem para Artigo do governador: Justiça social, a nossa luta

° Artigo do governador Flávio Dino

À frente da missão de governar o Maranhão, já enfrentamos diversas batalhas, superamos enormes desafios e, graças a Deus, temos cumprido os compromissos firmados. Nessa caminhada, tenho a alegria de manter hasteada a bandeira que nos trouxe até aqui: a luta pela justiça social. Ela é diária e infinita, é verdade, mas é o que nos move, o que está na essência desse Governo que existe para ser de todos e para todos.

Ao longo das últimas semanas, temos realizado diversas ações que simbolizam passos fundamentais rumo a essa meta. Inauguramos o primeiro Banco de Alimentos do Maranhão, na Ceasa de São Luís, e dois Restaurantes Populares, em Governador Newton Bello e em Centro Novo, ambos em municípios do Plano Mais IDH. Lembro que quando assumimos, tínhamos apenas 6 restaurantes, todos em São Luís. Agora, são 26 Restaurantes Populares, além de 2 Cozinhas Comunitárias, em todas as regiões do estado, chegando à marca de 15 milhões de refeições servidas nos últimos anos. Garantimos o direito à alimentação saudável, que reflete positivamente na saúde, e geramos oportunidades também para o comércio de produtos da agricultura familiar.

Investimos em melhorias nas unidades já existentes, com ampliação da quantidade de refeições servidas, e otimizamos as estruturas, oferecendo alimentação de qualidade, a preço acessível, capacitações e atividades de esporte e lazer gratuitas para a comunidade. Continuaremos o plano de expansão, com novos restaurantes populares já em construção, e teremos mais inaugurações ainda em 2019.

Ampliamos também os serviços de assistência social, inclusive a rede especializada. Com a inauguração de 136 unidades dos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) e Centros de Referência Especializados da Assistência Social (CREAS), expandimos a rede de atenção às pessoas em situação de vulnerabilidade e extrema pobreza, melhorando as condições de acesso aos programas sociais. Agradeço a parceria dos municípios, essencial para a consecução desse objetivo.

Priorizamos, ainda, a expansão e interiorização dos serviços do Viva/Procon. Passamos de 5 para 52 unidades, com a oferta contínua de serviços e acesso a direitos básicos, como emissão de documentos de identificação. Registramos mais de 4 milhões de atendimentos nas unidades dos Vivas, e índices de resolutividade do Procon de mais de 97%.

São números que demonstram a garantia de direitos e a efetividade das ações do Governo do Maranhão, em todas as regiões do Estado. São serviços essenciais que chegam mais perto das pessoas, reforçando o sentimento de valorização, respeito e dignidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário