sábado, 31 de janeiro de 2015

5º BPM recebe Coronel Ivaldo, o novo comandante do CPAI – 2

Aconteceu na manhã desta sexta-feira (30) no auditório do `, da cidade de Barra do Corda, formatura geral com a presença de grande parte do efetivo, onde foi apresentado a tropa o novo Comandante de Policiamento de Área do Interior 2, coronel Ivaldo. Na ocasião também foram entregues diversas medalhas,  tais com brigadeiro falcão, mérito operacional e o por tempo de serviço (10 anos ).

                              

O comandante do 5º BPM, tenente coronel Eriverton, deu início ao encontro saudando a todos os presentes e explanando que hoje estava completando 80 dias à frente do comando do Batalhão, e que nesse período pode perceber o reconhecimento dos policiais militares pela população, mediante o intenso trabalho que vem sendo realizado na cidade com intuito de diminuir a criminalidade e garantir a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas. E enfatizou para os policiais "estarei com os senhores até o fim se estiverem corretos em suas ações."

                                 

Logo em seguida deu boas vindas e apresentou o novo comandante. Coronel Ivaldo é um dos oficiais que goza de grande prestígio na tropa. Já foi Subcomandante Geral da PMMA, Comandante de Policiamento Metropolitano - CPM, Comandante de Policiamento Especializado - CPE, comandou batalhões e companhias independentes. Agora tem a missão de comandar o CPAI / 2, que corresponde as cidades de Presidente Dutra, Barra do Corda e Colinas, um cargo extremamente importante na estrura organizacional da instituição, pois serve de contato do Alto Comando da Corporação com os comandantes e também com a tropa, além de outras funções.

                                

O comandante do CPAI/2 está percorrendo as sedes dos batalhões que fazem parte da área, para verificar suas necessidades, as condições das instalações, ouvir os PMs e buscar melhorias das condições de trabalho, entre outras coisas. Segundo ele, " os PMs precisam ser valorizados e uma das ações que iremos realizar é ver os locais das condições de trabalho dos militares, para traçar metas e planos de ação para resolução de problemas". E uma questão bastante enfatizada pelo coronel será sua luta incansável pela promoção dos policiais, inclusive, já avisando o comandante e o sub do batalhão, de enviarem a lista dos mais antigos que estão no interstício.

                                       
 -

Redação: SD Alisson

Nenhum comentário:

Postar um comentário