terça-feira, 30 de outubro de 2018

Após vitória de Bolsonaro, aluno da Ufma diz que “tá liberada caça a viadinhos”



Um aluno do curso de Engenharia Química da Universidade Federal do Maranhão (Ufma) será alvo de processo administrativo da instituição depois de postar declarações de cunho homofóbico em suas redes sociais.

Ao comemorar a vitória de Jair Bolsonaro (PSL) na eleição para presidente do Brasil, o estudante disse estar liberada a “caça aos viadinhos”.
“Atenção, geral! Tá liberada a caça legal aos viadinhos! Não vale atirar na cabeça,
tá ok? 1 caixa de Budweiser pra cada viadinho no chão”, escreveu ele numa primeira postagem.


Depois, arrematou: “Agora chorem, fraquejadas, vagabundas. O Brasil é conservador. Ustra vive! Chora esquerda!”.

Em nota a Ufma disse que “promoverá a apuração rigorosa dos fatos, considerando a gravidade das declarações”.
Outro lado
Diante da repercussão do caso – e da possibilidade real até mesmo de uma expulsão da universidade – o estudante decidiu apagar as postagens criminosas e pedir desculpas públicas.
Ele fez duas publicações.

A primeira delas:
“Olá, pessoal! Boa tarde! Primeiramente gostaria de me dirigir a toda comunidade LGBTq+/feministas e pedir minhas mais sinceras desculpas por minhas declarações infelizes, fora de contexto e impensadas. Estou profundamente arrependido por tal comportamento de minha parte, assim sendo, não se repetindo tal fato.
Em segundo lugar, a todos os amigos, parentes e professores da Universidade Federal do Maranhão, os quais são profissionais de extrema competência e moral. Mil desculpas a todos(as).
Tal comportamento não se repetirá.
Boa tarde.”
A segunda:
“Uma auto crítica!
Postei coisas completamente irracionais durante meses, mas devido a uma última postei, vi que cheguei num ponto oblíquo da minha vida.
Jamais pensei que veria amigos próximos, parentes e outras pessoas próximas a minha pessoa em um estado de dor.
Eu errei e errei muito feio por conta das bobagens q eu disse, mas nesse momento só quero expressar meu profundo repúdio e arrependimento das coisas tolas que aqui explanei.
Sinto muito, amigos/colegas e parentes!
Cometi um mega equívoco e que com certeza, aprenderei com tal derrapada na minha vida.”

VIA Gilberto Léda

Nenhum comentário:

Postar um comentário