quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Ação integrada das Polícias Civil e Militar prende suspeitos de crimes de pistolagem em Barra do Corda

A Polícia Civil, coordenada pelos delegados Renilto Ferreira e Bruno Aquino e equipe de capturas e a Polícia Militar de Barra do Corda, coordenada pelo Ten Cel Amarildo Passos e equipe do S.I., desencadearam na manhã de hoje a operação "setembro vermelho" com o objetivo de prender pessoas suspeitas de crimes de pistolagem nesta cidade.
  Segundo as investigações, que foram iniciadas pelo Dr. Bruno Aquino, titular do 1º DP desta cidade, após a morte de MANOEL MARTINS COSTA, em 28/09/2018, na Vila Mariano, foi possível se chegar ao executor desse crime, o Sr; GEONE DA CONCEIÇÃO DA SILVA, 25 ANOS.

   
Com a identidade de Geone, bem como fotografia do mesmo, conseguidos em trabalho conjunto das polícias Civil e Militar, foi possível esclarecer em sua maioria a ocorrência de mais outros 03 (três) homicídios no mês de setembro nesta cidade, qual seja, a morte de um morador recente no povoado Lagoa do Angico, chamado NONATO, conhecido como "PRETO", no início de Setembro, seguido da morte de LINDOMAR DOS SANTOS ROCHA, v. AMAZON, ocorrida no Bairro Araticum, em 14/09/2018 e CARLOS DA SILVA CONCEIÇÃO, assassinado em 28/09/2018, no Bairro Altamira.

Diante desses fatos, a Autoridade policial representou pelo prisão temporária de GEONE, que fora prontamente acatada pelo poder judiciário, onde que, de posse desse mandado, equipes da polícia civil e militar uniram esforços com o objetivo de prender GEONE, que era desertor do exército, possuindo treinamento militar e alta periculosidade, frio e violento.

GEONE foi preso no Bairro Vila Canadá (Incra), por volta das 09hs desta manhã. Com ele foi encontrado um revólver cal 38 devidamente municiado.
Com a prisão de GEONE, fora possível colher elementos sobre a possível identidade do parceiro deste na prática de crimes de pistolagem nesta cidade, que era responsável por pilotar as motos usadas na execução dos crimes, o qual foi identificado como sendo o Sr. JOSÉ ADENILSON GOIS DE SOISA, v. NIL, de 28 anos de idade.
 
José Adenilson foi preso em sua casa e confessou a prática de 03 desses 04 homicídios, os quais afirma ter praticando na companhia de GEONES, sendo dois mediante pago (pistolagem) e um por vingança. Já quanto a um quarto homicídio, o de CARLOS DA SILVA, José Adenilson negou participação, mas afirmou ter conhecimento desse caso e que tal crime se deu com o uso da arma apreendida com GEONES, mas não sabia se tinha sido ele mesmo o executor.
 
Já GEONES, em sua oitiva devida acompanhado e assistido de seu advogado de defesa, negou a pratica dos três crimes confessados por José Adenilson em coautoria com ele, mas confessou ter emprestado a sua arma para ADENILSON e que este teria cometido o quarto homicídio (vítima CARLOS DA SILVA), junto de um outro elemento desconhecido por GEONE.
 
Ainda no interrogatório de JOSÉ ADENILSON, este relatou onde GEONES comprava as munições para a prática desses crimes pela dupla, confissão esta que culminou na prisão em flagrante de GIVANILDO DO NASCIMENTO OLIVEIRA, 32 anos, pelos crimes de venda ilegal de munições e posse ilegal de arma de fogo, haja visto estar de posse de cartelas de munições para venda e ainda de uma arma tipo revolver cal. 22.
 
JOSÉ ADENILSON afirmou que nos dois delitos que participou junto de GEONE por meio da prática de pistolagem, o mesmo recebeu de seu parceiro a quantia ínfima de R$ 1.000,00 reais para ceifar essas vidas.
 
Com os executores presos, as investigações seguem agora com o intuito de pormenorizar os detalhes de cada um desses crimes, e em especial, identificar os possíveis mandantes desses delitos praticados por encomenda.

15ª Delegacia Regional de Barra do Corda

Nenhum comentário:

Postar um comentário