sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Hora de definição no Sampaio


Foto: Biaman Prado
Visivelmente sem forças para continuar lutando contra um possível rebaixamento para a Série C, o momento no Sampaio é de decisão.

A partir de agora, diretoria e comissão técnica devem começar a traçar planos para a próxima temporada e diminuir o tamanho do prejuízo.

A cota para a Série B na próxima temporada deve ser em torno de R$ 11 milhões e o Sampaio não terá mais esse recurso. Na Série C, até este ano, a CBF não paga cota às equipes, assim como na Série D, mas os clubes já começam a se movimentar no sentido de reivindicar o pagamento da cota uma vez que a Série C já está economicamente consolidada.

Sem previsão de receitas, o Sampaio tem que a partir de agora cortar custos e dispensar jogadores com altos salários e que não permanecerão na equipe em 2017. Com isso, o Sampaio reduzirá gastos e não comprometerá a próxima temporada.

O que o Sampaio não pode agora é adiar essa decisão da mesma forma quando demorou na troca de técnicos quando ainda era possível imaginar uma reação.

O fato é que, a cada rodada, sem conseguir vencer, o Sampaio se aproxima de um lamentável rebaixamento.
E precisa estancar o prejuízo financeiro.

Zeca Soares

Nenhum comentário:

Postar um comentário