segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Deputada volta a pedir a recuperação emergencial de asfaltamento na MA-006


Deputada volta a pedir a recuperação emergencial e asfaltamento na MA-006

A péssima condição de trafegabilidade é um dos motivos dos protestos que resultaram no fechamento de pelo menos três pontos dos mais de 80 quilômetros da rodovia estadual MA-006, que liga às cidades de Grajaú à cidade de Formosa da Serra Negra e dá acesso a outras cidades na região.

Devido à condição da rodovia que vem se agravando a cada ano, a deputada estadual Valeria Macedo (PDT) enviou duas proposições que pedem a recuperação asfáltica emergencial deste trecho. A primeira foi enviada em julho de 2012, com o numero 377/12 do mesmo ano, que pedia a liberação de recursos orçamentários e financeiros para que fossem refeitos os 80 km de asfalto. Na época, a parlamentar já ressaltava a intrafegabilidade da via, “onde causava aumento de acidentes graves e assaltos recorrentes”, explicou.  

Em nova proposição datada do dia 13 de março de 2015, sob o N.º 179/15, Valeria ratificou o pedido anterior e novamente reiterou as dificuldades e o agravamento que aumentaria a partir do inicio do período chuvoso. “Cumpre ressaltar que, passados quase 3 (três) anos desde a apresentação daquela indicação, a intrafegabilidade da rodovia MA-006 se agravou ainda mais, principalmente no período chuvoso, pois continua a inviabilizar o deslocamento de pessoas que habitam aquela localidade e ainda dificulta o escoamento dos produtos agropecuários da região”, cobrou a parlamentar.

Valeria conversou no último dia 08 com o secretário de infraestrutura, Clayton Noleto, sobre a recuperação emergencial da rodovia. A parlamentar demonstrou sua preocupação mais uma vez sobre a dificuldade a qual vem passando os moradores e produtores daquela região, dificuldades que culminaram no fechamento da estrada em três pontos, por manifestantes que reivindicam melhorias. De acordo com o secretario, um serviço de recuperação emergencial será iniciado até o dia 20 deste mês, o que garantiu a liberação da rodovia pelos manifestantes que a bloqueavam.

Questionado pela deputada sobre a recuperação asfáltica, o secretario informou que o orçamento deste ano encontra-se comprometido, mas que empenhará esforços para buscar recursos financeiros que possam ser utilizados na recuperação da malha asfáltica da rodovia, mas ainda sem prazo previsto, explicou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário