quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Com erros do árbitro, Imperatriz consegue empatar com o Cordino

Michel levante bola na área adversária/Foto: Ivan Silva

Com péssima arbitragem de Paulo José Souza Mourão, Cordino e Imperatriz empataram em 3 a 3, no estádio Leandrão, na tarde chuvosa desta quarta-feira (27), pela 2ª rodada do campeonato maranhense.
 
O Cordino chegou a fazer três gols em 26 minutos de jogo com Rivelino, Charlisson e Ulisses. O Imperatriz ainda descontou na primeira etapa com Everton e chegou a igualdade com Cris e Rubens em pênalti duvidoso marcado pelo árbitro nos intermináveis acréscimos.

A Onça chegou aos 4 pontos e lidera o Grupo B, o Imperatriz conseguiu seu primeiro ponto na competição.
 
Arbitragem de baixo nível
 
A qualidade das duas equipes não teve o acompanhamento similar por parte do árbitro Paulo José Souza Mourão que se deixou levar pela pressão do time do Imperatriz. Inverteu por várias vezes marcação de seus assistentes, permitiu a violência de alguns jogadores, o time do Imperatriz cobrava falta onde bem queria, por duas vezes permitiu que os visitantes ficassem com doze jogadores em campo e não aplicou a regra onde deveria ter punido com cartão amarelo nas duas situações e fazer os jogadores apressados saírem de campo e retornarem com sua autorização. Sem nenhuma justificativa ele deu 5 minutos de acréscimo na etapa final e para coroar sua péssima arbitragem, marcou um pênalti inexistente num lance normal onde distante uns 30 metros da jogada preferiu assinalar mesmo na dúvida. Tendo dado 5 minutos de acréscimo, o jogo foi até os 52 minutos.
 
Todo o time do Cordino ficou na bronca quanto a atuação do árbitro que comprometeu diretamente no resultado que poderia ser diferente.
 
No próximo domingo (31), a Onça recebe o MAC no Leandrão às 16:00hs. O Imperatriz enfrenta o Santa Quitéria no estádio Rodrigão às 15:45hs.

Outros resultados

Grupo A

Sampaio Corrêa 1 x 0 São José
 Araioses 1 x 4 Moto Club

Nenhum comentário:

Postar um comentário