quarta-feira, 27 de novembro de 2019

Acusado de matar três pessoas da mesma família é preso em Vargem Grande

 

O homem identificado como Eraldo Rodrigues da Silva, acusado de matar três pessoas da mesma família, foi preso por policiais civis, nesta terça-feira (26), em cumprimento a mandado de prisão temporária expedida pela Comarca de Vargem Grande, a 174 km de São Luís.

O mandado de prisão foi requerido à Justiça pela Superintendência de Homicídios e proteção à Pessoa (SHPP), no curso das investigações do triplo homicídio que vitimou Benedito da Silva Coqueiro, Bela Mamede Silva e Francisco Raimundo Ferreira. 

Os três foram mortos a tiros no dia 21 de setembro deste ano, na Rua da Torre, 86, no bairro Rosalina, em Vargem Grande.

No momento das execuções, as vítimas encontravam-se em frente à residência onde moravam quando foram surpreendidas com a chegada do possível autor, Eraldo Rodrigues da Silva, em uma motocicleta. Ele sacou uma pistola e disparou contra as três pessoas, que ainda foram socorridas, mas não resistiram e terminaram morrendo.

A motivação do crime teria sido por vingança.  Eraldo Rodrigues da Silva teria tido o pai assassinado por Domingos Mamede da Silva, filho de Bela Mamede e Benedito Coqueiro. Para fazer o assassino sofrer da mesma forma, Eraldo prometeu matar parentes de Domingos.

A prisão contou com o apoio dos policiais lotados na delegacia de Vargem Grande. Após a formalização dos procedimentos o acusado foi encaminhado para o presídio de Itapecuru Mirim.

Informações de Gilberto Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário