quinta-feira, 29 de novembro de 2018

“Operação Xeque-Mate” prende dono de postos, dois PMs e três motoristas envolvidos em roubo de cargas de combustíveis



Policiais da Superintendência de Investigações Criminais (SEIC) e da Delegacia de Roubos e Furtos de Imperatriz cumpriram, na manhã dessa quarta-feira (28),  mandados de prisões contra seis pessoas acusadas de fazerem parte de uma organização criminosa especializada em roubo de cargas de combustível.

Dois policiais militares do 14º Batalhão de Polícia Militar, um proprietário de dois postos de combustíveis e três motoristas foram presos. A operação que culminou com as prisões dos seis foi denominada de “Xeque-Mate”.

A quadrilha é integrada por Marcelo Henrique Tavares Morais, proprietário de dois postos de combustíveis, um na Av JK e outro na Av Jacob; os policiais militares Giórgio Gonçalves Barbosa e Raylson Soares Silva; e os motoristas Carlos Renato Santos LiraRonald dos Santos, vulgo “boca de lata”, que está foragido, Wilson dos Santos Oliveira e Paulo Rogério Donelli.
Os dois policiais estão presos no 3º Batalhão de Polícia Militar. Os motoristas e proprietário dos postos foram levados para a CCPJ.

De acordo com a Polícia Civil, o esquema foi descoberto após a prisão do motorista Wilson dos Santos Oliveira, ocorrido em 25 de abril de 2018. Ele estava com um caminhão de combustível roubado na BR 010, o roubo foi praticado no município de Governador Edison Lobão.

Na época, o motorista ficou amarrado no matagal enquanto a carga de combustível era descarregada nos postos em Imperatriz, para depois o caminhão ser abandonado. PorGilbertolima

Nenhum comentário:

Postar um comentário