segunda-feira, 3 de julho de 2017

BR 226 fechada por indígenas entre Grajaú e Barra do Corda após atropelamento e morte de idoso


A BR 226 entre os municípios de Grajaú e Barra do Corda, foi fechada por volta das 20h40min da noite de domingo (2), após uma Hilux com placa de Grajaú, ter atropelado e matado um indígena dentro da reserva que compõe os trechos da BR 226.


Raimundo Amorim
A placa do carro é OHA 5663 e segundo informações da policia foi apurado que só a placa é de Grajaú, mas o carro tem o chassi da cidade de Imperatriz, o que segundo a policia pode ser adulterado, o carro atropelou o indígena de nome Raimundo Amorim Guajajara, aproximadamente (60) anos que, era morador da Aldeia Raydonio que fica nas margens da MA-328, que dá acesso à cidade de Jenipapo dos Vieiras, os povos da aldeia atearam fogo na Hilux e estão mantiveram o motorista refém, segundo as primeiras informações policiais.

A BR foi interditada imediatamente após o acidente, nas fotos vemos o carro pegando fogo e o corpo do indígena ainda no chão, de acordo com a policia a situação ficou tensa no local. A revolta pela morte do homem está insustentável na aldeia, viaturas da policia de Grajaú e Barra do Corda se deslocaram para a região.

Policiais da cidade de Jenipapo dos Vieiras estão também na reserva, as primeiras informações que chegaram foram de que esses policiais estariam também de reféns, mas logo em seguida um indígena de Barra do Corda disse que não, que estão apenas dando apoio para não ocorrer o pior com o motorista e demais que por lá estão, segundo informações ainda preliminares é que eram 4 pessoas que estavam na Hilux.



Por Djacy Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário