sexta-feira, 3 de abril de 2020

Vereador ‘surta’ em hospital, espanca funcionário e agride policiais

O parlamentar teria chegado à unidade de saúde no final da noite de terça-feira (31) para visitar a filha, momento em que provocou a confusão

 

Repórter MT

O vereador foi levado algemado para a unidade policial.

O vereador por Ribeirão Cascalheira-MT (882 km da Capital), José Soares de Souza (PR), mais conhecido como ‘José Fadiga’, 44 anos, foi preso no final da noite da última terça-feira (31) dentro do Hospital Cristo Rei, onde agrediu um funcionário e policiais militares.

O parlamentar teria chegado à unidade de saúde, aparentado estar muito nervoso, para visitar uma filha que está internada.

No momento em que o funcionário acompanhava José até o quarto, o legislador teria ‘surtado’ e atacado a vítima com um soco no rosto, outro no peito e em seguida entrou para ver a filha.

Algumas testemunhas tentaram interferir no momento da agressão e tentaram segurar o acusado, mas acabaram sendo agredidas também.

A Polícia Militar (PM) compareceu ao local para controlar a situação, quando tentou conversar com o vereador, já no quarto onde a filha estava internada, mas Fadiga partiu para cima dos militares distribuindo socos, chutes e ainda conseguiu quebrar o coldre de perna de um dos policiais.

Em seguida, o vereador correu e se escondeu atrás da cama da filha, a usando para se defender.
 
José Fadiga só acatou as ordens policias e parou de resistir à prisão, após a chegada do Comandante da PM, que foi chamado ao hospital para ajudar a guarnição a controlar a situação.

A ocorrência foi registrada como desobediência, danos, vias de fato, lesão corporal e encaminhada  com o acusado à Delegacia de Polícia Civil, onde foi ouvido pelo delegado e assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foi liberado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário