quarta-feira, 1 de abril de 2020

Ex-jogador do MAC morre na UPA do Itaqui-Bacanga em São Luís com suspeita de coronavírus



O ex-jogador de futebol Severo, de 69 anos, proprietário do Bar Stresse Zero, localizado na Avenida Sol Nascente, no Bonfim, no bairro Anjo da Guarda,  morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Iatqui-Bancanga, na madrugada desta terça-feira (31), com suspeita de Covid-19.
Pelas informações, compartilhadas em grupos de whatsapp por amigos, Severo estava gripado e com febre deste a sexta-feira (27). “Mesmo gripado, ele continuavas atendo as pessoas no bar. Na segunda-feira (30), ele foi levado à UPA porque estava sentindo falta de ar. Ele morreu por volta das 3h da madrugada. O pulmão estava todo comprometido. Morreu com falta de ar”, diz um amigo em áudio.
O corpo de Severo foi sepultado na manhã desta terça-feira, sem a realização de velório, e com a presença apenas de dois filhos uma cunhada. Ainda não se tem a confirmação se Severo foi mais uma vítima do Covid-19. O resultado do teste deverá ficar pronto em seis dias.
Os familiares e quem teve contato nos últimos dias com Severo devem passar a cumprir determinações de isolamento e monitoradas por equipes da SES Severo era ex-jogador com por vários  clubes  profissionais, como Tupan, Vitória  do Mar e MAC.
Teve seu auge nos anos de 1977 quando ganhou o troféu  Bola de Prata do campeonato  brasileiro, como um dos melhores  volantes da época atuando pelo MAC. Severo atuava no meio de campo, jogador clássico  diferenciado dos outros com uma qualidade técnica como poucos, como falam na gíria  do futebol,  sabia o que fazer com a bola.
Com informações do Gilberto Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário