domingo, 2 de setembro de 2018

Veja o fiasco e o vexame da candidata Roseana Sarney, em Igarapé do Meio


Roseana Sarney durante comício nesta sexta-feira (31) na cidade de Igarapé do Meio.
Acostumada a arrastar multidões em andanças pelos interiores do estado do Maranhão, a emedebista hoje aglomera pouca gente nos comícios e caminhadas pelo interior do estado, como é o caso de mais um fracasso na cidade de Igarapé do Meio, assim como outras cidades, e de perto e a olho nu a melancólica degeneração de seu poderio político, relata as fotos e imagens em vídeos por onde passa fazendo campanha.

A ex-governadora voltou a vagar pelo estado como um cadáver político insepulto – não é a única, mas um exemplar mais que perfeito deles. Em mais uma edição de suas caravanas, em lugar da multidão de simpatizantes, Roseana foi recebida por gatos-pingados e a minoria de lideranças.

A degeneração de sua imagem, como mulher pública, é flagrante. Pior deve ser testemunhar de perto e a olho nu, sem as lentes de aumento do marketing político-eleitoral, o próprio ocaso (o lado do horizonte onde o Sol parece esconder-se;). Salvo a militância de carteirinha, havia algum povo, na acepção da palavra? Até que havia. Nada comparável a um passado recente, em que Roseana exibia boa forma nas urnas, tirocínio político invejável e uma ficha corrida livre das máculas indeléveis da corrupção.

A realidade, agora, é outra. Apesar dos 30% nas pesquisas, a sua rejeição reverberam como badaladas de sinos que fazem retinir, ao longe, as razões nada edificantes da ascensão e queda daquela que um dia foi alçada a mito, em razão de sua estratosférica popularidade. Em algumas localidades do interior maranhense por onde passa, a comitiva da ex-governadora foi recebida sob clima de flagrante hostilidade. O que não chega a causar espécie. Roseana, no ultimo mandato abandonou seu grupo político, e falou que não iria mais participar da política, sim cuidar de sua família e sua vida pessoal, hoje ela colhe o que plantou.
 
Fonte Portal do Munim

Nenhum comentário:

Postar um comentário