terça-feira, 11 de setembro de 2018

MPMA oferece denúncia contra padrasto que matou enteado de 9 meses



Resultado de imagem para Francielson Gomes Pereira
O motivo do crime teria sido o término do relacionamento com a mãe da vítima

O Ministério Público do Maranhão ofereceu denúncia contra Francielson Gomes Pereira na terça, 4 de setembro, por ter esfaqueado o enteado de 9 meses de idade, no município de Governador Edison Lobão. O responsável pela denúncia é o promotor Carlos Róstão Martins, titular da 8ª Promotoria de Justiça Criminal de Imperatriz.

De acordo com as apurações do inquérito policial, o motivo do delito teria sido o término do relacionamento com a mãe da criança, Poliana Souza da Silva, com quem o autor do crime vivia maritalmente há cerca de cinco meses.

No dia 30 de julho, Francielson chegou em casa por volta do meio-dia. Sem mais ninguém na residência, dirigiu-se ao quarto onde estava a criança, deitou-o no chão e aplicou vários golpes de facão na cabeça da vítima, causando sua morte por degolamento.
Mapa Gov Edison Lobao
Francielson continuou no local até a chegada de Poliana, mãe da criança. De acordo com os autos, o denunciado não esboçou nenhuma reação com a chegada dos policiais. Quando interrogado, Francielson confessou a autoria do crime.

“O denunciado causou à vítima um sofrimento demasiado e cruel, mostrando-se claramente fútil a motivação do crime. Este é um caso realmente brutal, que exige uma resposta rápida e enérgica”, ressalta o promotor de justiça Carlos Róstão.

O Ministério Público pede que a Justiça aplique as sanções descritas nos artigos 121 e 61 do Código Penal, cuja penalidade se dá em regime de reclusão de 12 a 30 anos, com agravante de pena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário