quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Em velório, avó de menina morta por policiais militares, em Teresina, desabafa: “mataram a família”

Dezenas de pessoas acompanham o velório da pequena Emile Caetano Costa, de 9 anos, morta no final da noite de segunda-feira (25) por policiais militares, durante uma abordagem na avenida João XXIII, zona Leste de Teresina. O corpo da criança está sendo velado na casa dos avós maternos em Timon. Para os parentes da menina, toda a família foi morta.

“Ele não matou só minha neta. Ele matou uma família toda. Se eles ficarem soltos, vão matar outras pessoas. A gente quer justiça, não admite que eles fiquem impunes”, desabafou a idosa Maria Francisca Félix.

Aos prantos, a avó da criança pede por justiça e diz que os policiais que cometeram o crime têm que pagar. O avô Francisco Assis Caetano também clamou por justiça.
A avó da menina fez ainda um apelo para o Secretário de Segurança, Fábio Abreu, para que os policiais envolvidos sejam expulsos da corporação. “Eu peço ao secretário que expulse eles, porque se eles continuarem, vão cometer outros crimes”, afirmou.

Emile Caetano Costa está sendo velada no Bairro Parque Alvorada. O enterro está programado para esta quarta-feira, às 10h, no cemitério Santa Maria, em Timon.

O sentimento no local é de forte comoção. A rua onde acontece o velório está tomada por vizinhos, parentes e curiosos.

A abordagem

Segundo a mãe de Emile, Daiane Félix Caetano, em depoimento à polícia, ela e o marido, o cantor sertanejo Evandro da Silva Costa, estavam indo levar a filha para uma franquia de açaí quando ocorreu a abordagem policial.

Daiane conta que antes dos policiais efetuarem os disparos, populares avisaram que o carro estava ocupado por uma família. A mãe foi atingida com um tiro de raspão e teve alta do hospital. Já o cantor sertanejo permanece em observação. Ele foi atingindo na cabeça.
Os PMs envolvidos na ocorrência são do 5° Batalhão da Polícia Militar, responsável pelo policiamento na zona Leste da Capital. A coronel Elza Rodrigues, Relações Públicas da Corporação, informou que os dois policiais  foram autuados na manhã de hoje e levados para o presídio militar.  
Informações do portal Cidade Verde/Teresina

Nenhum comentário:

Postar um comentário