segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Governo Bolsonaro anuncia a demissão de Bebianno

Sem comparecer, Bolsonaro encarregou porta-voz de anunciar oficialmente a exoneração do ministro da Secretaria Geral da Presidência

Foto: Ricardo Moraes/Reuters
Jornal GGN – O governo de Jair Bolsonaro oficializou a demissão do ministro da Secretaria Gera da Presidência, Gustavo Bebianno. Em coletiva de imprensa, na tarde desta segunda-feira (18), o porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros, anunciou a exoneração.

O motivo alegado pelo governo, segundo Barros, foi questão de “foro íntimo”. Em outras palavras, a motivação foi crise desencadeada sobre o suposto envolvimento de Bebianno em candidaturas laranjas para o PSL nas eleições 2018 e posterior conflito junto ao filho do presidente, o vereador carioca Carlos Bolsonaro.

O porta-voz informou, ainda, que oficialmente o substituto de Bebianno será o general Floriano Peixoto, o oitavo militar a assumir um cargo no primeiro escalão do governo de Bolsonaro.

No anúncio, que não contou com a participação de Bolsonaro, que preferiu não expor sua imagem associada à crise interna do partido e às denúncias de candidaturas de fachada para a concentração de recursos do fundo partidário público ao PSL, Rêgo Barros falou “em nome do presidente”.

“O presidente agradece sua dedicação à frente da pasta e deseja sucesso na nova caminhada”, disse, de maneira breve, à imprensa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário