.

.

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Deputado Fernando Pessoa desmonta discurso de Rigo Teles e trata sobre investimentos necessários ao Cordino Futebol Clube

O deputado estadual, Fernando Pessoa, se pronunciou nesta terça-feira (19) sobre a situação financeira e em defesa de um dos times mais importantes do futebol maranhense, o Cordino, de Barra do Corda.


Fernando, que pertence ao único grupo político incentivador da Onça de Barra do Corda, desabafou e mostrou seu desempenho como orador ao denunciar a crise financeira enfrentada pelo time nos últimos meses, depois que recursos financeiros foram bloqueados pela Justiça. Fato, segundo o parlamentar, de responsabilidade das administrações antecessoras ao atual mandato municipal.

Faz-se necessário destacar o comprometimento do prefeito Eric Costa com o esporte local e esse tema também foi pontuado na tribuna.

Em seu pronunciamento, o parlamentar ainda se colocou á disposição para ajudar na recuperação do time, afirmando que usará parte de suas emendas para ampliar o estádio e incentivar a equipe em sua retomada de destaque nas competições.

Ao expor a situação do Cordino na tribuna, o deputado Rigo Teles (PV), pediu aparte para também falar sobre a questão do Cordino, vale destacar que a família do deputado Rigo  governou por anos a cidade de Barra do Corda. Ao fazer o pronunciamento, Rigo Teles questionou o deputado Fernando Pessoa sobre o citado bloqueio do repasse de verbas ao time. Ele só não contava que esse bloqueio se refere até 2012, época em que seu pai, o falecido Nenzim, estava no poder.

O bloqueio foi pedido à Justiça, segundo Fernando Pessoa, pelo Luizinho da Cemar que era aliado da família Teles em Barra do Corda. O desmonte começou por aí, o decano da casa perdeu o equilíbrio, mas tentou se manter em pé.

Ainda durante o aparte, o deputado do Partido Verde deu outro “tiro no pé”, quando tentou mencionar algo sobre perseguição política, ato rebatido por Fernando Pessoa de forma veemente, afirmando que a perseguição, a qual Rigo trata, é característica da família Teles, que perdurou por anos na região, e não da atual administração de Barra do Corda. Fernando Pessoa aproveitou para citar nomes e mostrou conhecimento sobre a diretoria do time, rebatendo a falta de informação do deputado Rigo.

Com o revide de Fernando e não tendo mais direito a apartes, Rigo Teles se desmontou, ainda tentou um novo pronunciamento, mas desistiu no meio do caminho, abrindo mão da palavra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário