quinta-feira, 18 de agosto de 2016

O 'horror de Aleppo' em imagem de menino que sobreviveu a ataque aéreo na Síria

Imagem do menino foi captada após resgate em prédio bombardeado em Aleppo
  • Imagem do menino foi captada após resgate em prédio bombardeado em Aleppo
A imagem de um menino ferido após um ataque aéreo à cidade síria de Aleppo está circulando nas redes sociais e chamando atenção para o desespero das vítimas do conflito no país.

Segundo relatos, o menino seria Omran Daqneesh, de cinco anos de idade. Ele foi uma das vítimas de um ataque aéreo que deixou três mortos e 12 feridos no distrito de Qaterji, controlado por rebeldes e alvo de uma ofensiva aérea por parte de forças do regime Assad.

Cinco delas seriam crianças, segundo disseram à agência AP grupos de oposição.

Nesta quinta-feira, o enviado especial da ONU à Síria, Staffan de Mistura, cancelou uma reunião humanitária no meio do encontro, citando sua "insatisfação profunda" com a continuidade dos combates e criticando os dois lados do conflito.


Segundo relatos, Omran Daqneesh está se recuperando com a família
As imagens do menino, divulgadas pelo grupo de oposição Aleppo Media Center, mostram a criança sendo levada para uma ambulância, onde fica sentada com olhar atordoado e com parte do rosto coberta em sangue.

No vídeo, ele passa a mão no rosto e examina as manchas de sangue antes de limpar a mão na cadeira.

Depois, as equipes de resgate trazem duas crianças e um homem, também feridos no ataque.

Segundo os relatos, Omran Daqneesh está se recuperando com a família.

"A face atordoada e ensaguentada de uma criança sobrevivente resume o horror de Aleppo", disse Adib Shishakly, que integra o grupo de oposição Conselho Nacional Sírio.

No ano passado, a imagem do menino sírio Alan Kurdi, de três anos, que morreu afogado na travessia do Mar Mediterrâneo e terminou sendo levado pela maré para uma praia na Turquia, chamou atenção para a situação dos refugiados sírios que deixam o país por conta do conflito.

BBCBrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário